sexta-feira, 1 de abril de 2005

O PS JÁ ESCOLHEU O CANDIDATO



O secretariado da secção do Partido Socialista de Ponte de Sor, já escolheu o cabeça de lista para a Câmara Municipal de Ponte de Sor.
O cabeça de lista é o Ilidio Pinto Cardoso.
Depois do "excelente" trabalho à frente da RTL- Rádio Tempos Livres, foi escolhido para cabeça de lista do PS à Câmara Municipal de Ponte de Sor.


8 Comments:

At 1 de abril de 2005 às 17:40, Anonymous Anónimo said...

Lindo...
O PS de Ponte de Sor, no seu melhor...

 
At 1 de abril de 2005 às 18:15, Anonymous Anónimo said...

MAS ESSE SENHOR É DE QUE PARTIDO?
MAS ESSE SENHOR VEIO DE ONDE?
MAS QUAL É A PROFISSÃO DELE?
....Crato, às quatro da manhâ|como trabalha!
ESSE SENHOR É\FOI\SERÁ UM ILUSTRE MILITANTE DO PSD!

 
At 1 de abril de 2005 às 23:28, Anonymous Anónimo said...

HE HEHEHEHE BELA ESCOLHA, HOJE É O DIA DAS MENTIRAS.....! MAS SE FOSSE VERDADE NAO ME ADMIRAVA NADA, ERA MAIS UM CORRUPTO PARA A CAMARA MUNICIPAL. ESSE GAJO É UM TROCA TINTAS

 
At 2 de abril de 2005 às 11:08, Anonymous Anónimo said...

Ponte de Sor no seu melhor! Não bastavam as tricas e as intrigas de café, não chegava o sussurar ao ouvido, não bastava a fácil calúnia. Temos que aproveitar as novas tecnologias para através da capa do anonimato continuar a denegrir o ser humano. Sinais dos tempos talvez, mas haja dignidade, mesmo para com aqueles que muitas vezes não sabem ser dignos. Neste caso concreto é o IPC, mas amanhã podes ser tu...
Ó Zé da Ponte bem podes limpar as mão às parede pelo belo espaço que aqui tens...

 
At 2 de abril de 2005 às 17:11, Blogger Zé da Ponte said...

Ontem foi dia 1 de Abri...
Está tudo dito...

 
At 2 de abril de 2005 às 18:28, Anonymous ZÉ DA GALINHA said...

Caro Anónino (sem nome, nem rosto):
Porque será que sobre o anonimato as mulheres e homens do nosso concelho, escrevem o que escrevem. Não será pelo simples facto de quererem ser anónimos, mas pelo medo de dar a cara.
A liberdade que muitos lutaram no passado não distante, ainda aquí neste concelho, é uma palavra desejada por muitos.

"Pergunto ao vento que passa

Notícias do meu país

O vento cala a desgraça

O vento nada me diz.

Mas há sempre uma candeia

Dentro da própria desgraça

Há sempre alguém que semeia

Canções no vento que passa.

Mesmo na noite mais triste

Em tempo de servidão

Há sempre alguém que resiste

Há sempre alguém que diz não."

Escrevia Manuel Alegre.

Não foi para isto que um grupo de cidadãos do Concelho de Ponte de Sor, lutaram contra, ao longo de 48 anos.
Nenhum deles foi reconhecido na sua luta, mas pelo contrário, alguns fachos da terra, já foram...

Perguntas tu anónimo sem rosto nem nome o que isto tem a ver com este post's ou comentários?

É simples, Ponte de Sor, vive sobre um regime de opressão, tal como vivia antes do 25 de Abril de 1974...«quem não é do regime é "comunista"»..., por isso é que há aqui todos os dias muitos anónimos.

Como ao longo da vida nunca tive medo da PIDE,da prisão, da deportação e do exilio, todos os conheci bem demais e os sofri na pele assino.

Olha o Século, o Diário de Notícias, o Novidades.
Olha o República.
Zé da Galinha

 
At 2 de abril de 2005 às 19:18, Anonymous Joana Lemos e António Cruz said...

É assim é que se escreve caro amigo "Zé da Galinha", você que esteve em África, na guerra, que foi acusado de inimigo à Pátria, que conheceu a deportação para longe da sua terra, que viveu anos demais no exílio, que foi expulso de vários países, que mesmo depois do 25 de Abril, teve de entrar a salto em Portugal, porque era inimigo da Pátria, tem toda a razão para escrever o que escreveu.
Deixo-lhe um apelo, escreva-nos a história desses tempos, pois há muita gente que tem memória curta.

 
At 6 de abril de 2005 às 17:09, Anonymous Anónimo said...

Quem não quer ser lobo não lhe veste a pele...

 

Enviar um comentário

<< Home