sexta-feira, 11 de fevereiro de 2005

O QUE FAZ FALTA...


Com toda a discussão que aqui vai… quer seja mais ou menos corrosiva por vezes até ofensiva, o que acontece é que este espaço está mesmo a “agitar a malta" e isso não deixa de ter o seu lado positivo!
walk in the bridge


O que faz falta

(Zéca Afonso)



Quando a corja topa da janela
O que faz falta
Quando o pão que comes sabe a merda
O que faz falta



O que faz falta é avisar a malta
O que faz falta
O que faz falta é avisar a malta
O que faz falta



Quando nunca a noite foi dormida
O que faz falta
Quando a raiva nunca foi vencida
O que faz falta



O que faz falta é animar a malta
O que faz falta
O que faz falta é acordar a malta
O que faz falta



Quando nunca a infância teve infância
O que faz falta
Quando sabes que vai haver dança
O que faz falta



O que faz falta é animar a malta
O que faz falta
O que faz falta é empurrar a malta
O que faz falta



Quando um cão te morde a canela
O que faz falta
Quando a esquina há sempre uma cabeça
O que faz falta



O que faz falta é animar a malta
O que faz falta
O que faz falta é empurrar a malta
O que faz falta



Quando um homem dorme na valeta
O que faz falta
Quando dizem que isto é tudo treta
O que faz falta



O que faz falta é agitar a malta
O que faz falta
O que faz falta é libertar a malta
O que faz falta



Se o patrão não vai com duas loas
O que faz falta
Se o fascista conspira na sombra
O que faz falta



O que faz falta é avisar a malta
O que faz falta
O que faz falta é dar poder a malta
O que faz falta

8 Comments:

At 11 de fevereiro de 2005 às 13:44, Anonymous Anónimo said...

Caro José Pedro Amante, permita-me que lhe diga que muito me sensibilizou a sua coragem ao assinar o testemunho neste espaço que se quer fazer crer de liberdade e verdade da nossa querida cidade de Ponte de Sor.

Mas deixe que lhe pergunte? Onde estava o sr. deputado municipal eleito pelos votos do povo quando neste mesmo espaço se conspurcava com tudo o que era estrume um homem, pontessorense como nós, filho de gente simples, honesta e trabalhadora?

Certamente como cybernauta que diz que é não navegava em Marte!!!
Porquê só agora? Foi a Delphi, ou outro motivo qualquer? Não. Foram os textos mais exaltados de alguns conterrâneos que o insultaram e o ligaram ao blog, e responder-me-á provavelmente com toda a razão que à coisas que não se dizem e muito menos se fazem. Como disse essa MÃE Há obra feita, e essa obra tem sido feita pelos presidentes de câmara e por nós todos pontessorenses. É visível, tem havido erros é certo e alguns graves, mas quem não faz, não erra!
Sejamos dignos e jogue-se limpo...

E quanto a si caro José Rafael Tretas, dignifique o espaço, porque lixo de mais já nós cá temos em Ponte de Sor...~
Amigo

 
At 11 de fevereiro de 2005 às 16:34, Anonymous ANARCA said...

Gostas é de mamar na porca... da política... olha vai mamando na teta pois o leite pode estar-se acabar...

 
At 11 de fevereiro de 2005 às 16:40, Anonymous LUAR said...

"No céu cinzento
Sob o astro mudo
Batendo as asas
Pela noite calada
Vêm em bandos
Com pés de veludo
Chupar o sangue
Fresco da manada

Se alguém se engana
Com seu ar sisudo
E lhes franqueia
As portas à chegada
Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

São os mordomos
Do universo todo
Senhores à força
Mandadores sem lei
Enchem as tulhas
Bebem vinho novo
Dançam a ronda
No pinhal do rei

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada"

 
At 11 de fevereiro de 2005 às 16:53, Anonymous Um Militante do MRPP said...

Ponte de Sor, cidade está cheia de
“fascistas”, “betos”, “reaccionários”, “exploradores do proletariado”

 
At 11 de fevereiro de 2005 às 16:59, Anonymous Anónimo said...

Não meu caro,
Ponte de Sor está é cheia de incompetentes.
A. Soares

 
At 11 de fevereiro de 2005 às 17:09, Anonymous ANARCA said...

O uso das palavras obscenas

Desmedido eu que vivo com medida
Amigos, deixai-me que vos explique
Com grosseiras palavras vos fustigue
Como se aos milhares fossem nesta vida!

Há palavras que a foder dão euforia:
Para o fodidor, foda é palavra louca
E se a palavra traz sempre na boca
Qualquer colchão furado o alivia.

O puro fodilhão é de enforcar!
Se ela o der até se esvaziar: bem.
Maré não lava o que a arvore retém!

Só não façam lavagem ao juízo!
Do homem a arte é: foder e pensar.
(Mas o luxo do homem é: o riso).

Bertolt Brecht

 
At 12 de fevereiro de 2005 às 11:56, Anonymous Anónimo said...

Pois é mas tu nem fodes, nem pensas.
Vai mas é pró caralho...

 
At 14 de fevereiro de 2005 às 17:18, Anonymous Anónimo said...

Caríssimos

Ao ler este vosso comentário, indigno-me só de me lembrar que sois voz que estão à frente dos destinos deste conselho. E assim mostram, o quanto respeitam os vossos adversários políticos. Bem sei, se numa ditadura estivéssemos, tratariam das coisas de outra maneira. Mas como não estamos numa ditadura, seguem escrupulosamente aquilo que o Sr. Taveira faz, muito mal formados e muito mal-educados. Pois fiquem sabendo:

“Não são os títulos que fazem as pessoas honestas. A honestidade é que nos torna dignos dos títulos”

Algo que demonstram não ter, … a honestidade.


T.P.

 

Enviar um comentário

<< Home