terça-feira, 29 de setembro de 2009

PSD/CDS-PP - PONTE DE SOR


Clique nas imagens para ver na integra

Etiquetas: , , ,

69 Comments:

At 29 de setembro de 2009 às 23:46, Anonymous Anónimo said...

Eng Joaquim Lizardo, você tem condições para ganhar estas eleições e, tirar este concelho do feudalismo político que se encontra, faça uma boa campanha, diga a verdade, não entre no jogo do insulto e da má língua, os Pontessorenses já tiveram disso quante baste ao longo deste anos.
Queremos progresso, queremos modernização, queremos ser livres de pensamento e de opinião, chega de obsessão pelos comunistas, queremos esforço e trabalho em conjunto, a favor de todos do concelho, queremos ser ouvidos nas instâncias superiores, queremos gente que lute pelo interesse público e, não pelo interesse privado de alguns.
Faça uma campanha séria, diga o que pretende para o futuro do concelho, dirija-se aos jovens deste concelho que estão completamente desprezados, denuncie as injustiças, a prepotência, a arrogância, o cinismo, o desprezo que este senhor tem pelos munícipes.
Foi anos e anos de manobras de baixas politicas feita pelo PS , foi uma intoxicação de mentiras e aproveitamentos hediondos.
Ao que parece, o PS, prepara-se para lançar uma revista com todas as obras feitas, desde que está no poder até ao presente momento, mais uma vez vai utilizar a manobra de ludibriar os eleitores, coloca fotografias de Ponte de Sor à 30 anos atrás e compara com actualidade, é simplesmente ridículooooooooooooooooooooo.
Nessa mesma revista acusa o actual candidato do PSD, ser responsável pela ETAR Tramaga não estar a funcionar, só podemos adjectivar da seguinte forma, asquerosoooooooooooooo.
Pontessorenses não se deixem enganar, este senhor não está lá para servir o concelho, está lá apenas para cessiar a sua fome de poder.
Engº Joaquim Lizardo, com a sua competência, honestidade, honorabilidade, com o apoio dos inconformados pelo estado a que isto chegou, com o apoio dos jovens que não se reconhecem neste marasmo político, com o apoio daqueles milhares de Pontessorenses que querem novamente sentir a sensação de mudança com aconteceu à 16 anos atrás, vamos ganhar o concelho.
EU QUERO MUDAR, E VOCÊS????????????????????????????

 
At 29 de setembro de 2009 às 23:57, Anonymous Anónimo said...

LIZARDO!!!!!!!!!!!!!
LIZARDO!!!!!!!!!!!!!
LIZARDO!!!!!!!!!!!!!
LIZARDO!!!!!!!!!!!!!
LIZARDO!!!!!!!!!!!!!
LIZARDO!!!!!!!!!!!!!


No próximo dia 11 vamos todos votar LIZARDO!!!!!!!!!!!!

 
At 30 de setembro de 2009 às 00:21, Anonymous Anónimo said...

Aos eleitores do nosso concelho. Não tenham medo da mudança. Lembram-se do Zé Amante? Andava-mos iludidos e com medo da mudança. Apareceu o pinto e as coisas melhoraram substancialmente. Só que com o passar dos anos, tanto o Zé Amante como o Pinto, estagnaram e tornaram-se em grandes ditadores e prepotentes. A geração deles acabou-se. Necessitamos de ideias novas e duma pessoa sem vaidade e capaz de dar a volta, para melhor, ao desenvolvimento do nosso concelho.
Senhores eleitores, pensem bem e não tenham medo de arriscar. Não caiam no mesmo marasmo.

 
At 30 de setembro de 2009 às 01:16, Anonymous Anónimo said...

Mudar com garantias, é mudar com o João Pedro Amante.

Força João!!!

 
At 30 de setembro de 2009 às 09:13, Anonymous Anónimo said...

Quem sai aos seus não desnera, é preciso mudar mesmo.

 
At 30 de setembro de 2009 às 11:36, Blogger pontessorense said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 30 de setembro de 2009 às 11:37, Blogger pontessorense said...

É óbvio que existem coisas por mudar e problemas sobre os quais é necessário agir, só tenho pena é que não sejam apresentadas medidas concretas sobre o que fazer em praticamente lado nenhum.

pontessorense
(http://pontessorense.blogspot.com)

 
At 30 de setembro de 2009 às 11:56, Anonymous Manuel Carvalho said...

Está na hora de inventar um novo poder autárquico"

Com a ressaca das legislativas não vai haver oportunidade para se discutir o estado da democracia local e a organização do poder político em Portugal. Em 15 dias de campanha, dificilmente se reunirão condições para se medir a temperatura do poder mais esquecido e mais frágil do regime.

A caricatura do autarca boçal e corrupto, a anedota das rotundas ou os clichés do cacique que compra votos com bilhetes para o Tony Carreira terão condições para se enraizar. Será quase impossível sair do detalhe pitoresco para se reconhecer que o projecto autárquico já cumpriu com sucesso o seu mandato original e que precisa de novos desafios, de novos enquadramentos institucionais e de uma nova organização política para se renovar.

Com a democracia, os autarcas afirmaram-se como contratadores de empreiteiros porque o poder central assim o quis. Sem autonomia fiscal ou financeira, sem competências substantivas em áreas como a educação ou a justiça, o seu mandato concentrou-se na construção de infra-estruturas e de equipamentos. O seu sucesso nesta empreitada foi inequívoco: depois de 1976, o saneamento básico, os arruamentos e a electrificação avançaram a um ritmo impressionante, fazendo com que muitos encarassem o poder local como a melhor conquista do 25 de Abril. Com o crescimento económico, a lógica do betão acabaria também por ser aplicada para a obtenção de mais fundos próprios. As licenças de construção tornaram-se a mina de ouro das finanças municipais e foco permanente de conflitos de interesses e de corrupção.

Isto aconteceu porque o Estado central não foi capaz de perceber que, depois do primeiro fôlego, só uma acção séria de descentralização de poderes, recursos e competências poderia fazer evoluir o poder local. De alguma maneira, os autarcas foram aumentando as suas áreas de intervenção, mas sempre na lógica da construção (de escolas, de centros de saúde...) e nunca no domínio da gestão. Em alguns casos, as políticas de educação, de assistência social, de ambiente ou de atracção de investimento de centenas de autarquias são exemplares. Hoje, as autarquias são quem mais evita a ruptura social e económica em vastas zonas do território. Mas, regra geral, os autarcas não foram capazes de evoluir para um discurso político sustentado no progresso cultural ou económico dos seus concelhos.

Também ao nível político houve regressão. Muitos autarcas enraizaram-se no poder e criaram um vazio de ideias à sua volta. O caciquismo floresceu. A democracia de proximidade sucumbiu ao nepotismo. A limitação de mandatos corrigirá este triste cenário, mas a vontade de criar por lei executivos monocolores, acabando assim com a presença de vereadores da oposição no executivo, ameaça matar de vez a tensão democrática, a dissidência e o pluralismo que restam em centenas de municípios, principalmente do interior. A intolerância para com as oposições é talvez o principal pecado dos autarcas nacionais.

Bem vistas as coisas, porém, as autarquias padecem dos mesmos males do país como um todo. A indecisão, a paralisia, a incapacidade de se rasgarem novos desafios são comuns. A estagnação social e económica impera. O conformismo e o laxismo medraram. A corrupção, o populismo e o caciquismo impregnaram-se em ambas as esferas do poder. A ineficiência de um dos estados mais centralizados do mundo desenvolvido asfixia quer o centro quer a periferia. Como o modelo napoleónico que o tolerou, o poder local esgotou o seu mandato. Precisa de novos rumos. De mais poder. Porque, como o demonstra até à exaustão o exemplo de países desenvolvidos, a forma de decidir e de aplicar os recursos de todos é a que se faz mais perto das pessoas. Infelizmente, muito pouco disto se discutirá nos próximos dias.

 
At 30 de setembro de 2009 às 21:04, Anonymous Anónimo said...

«A esperança dos homens é a sua razão de viver e de morrer»
André Malraux

 
At 30 de setembro de 2009 às 22:53, Anonymous Anónimo said...

Mudança! Reconheço que precisamos dela. Mas será o Eng. Lizardo e a sua equipa que conseguirá concretizá-la? Creio que ele seria capaz de o fazer mas a equipa que o rodeia...Tenho muitas dúvidas. A dra. Graça nunca a vi ter qualquer intervenção pública que mostrasse a sua capacidade para gerir este concelho. O prof. Rafael só agora despertou para a política. Se na escola onde trabalha, nas reuniões em que participa, entra mudo e sai calado, o único contributo que dá à escola é a sua participação no Comenius (passeios ao estrangeiro com no máximo 2 alunos para além da esposa, à custa do erário público. Mais viagens não, por favor!!!! Os outros candidatos não conheço, por isso, não falo de quem desconheço. Realmente j'a era tempo de mudarmos o rumo do nosso concelho mas com candidatos destes, atrevo-me a dizer vou votar no Pinto. Contrariado mas é a única opção que tenho.

 
At 30 de setembro de 2009 às 23:08, Anonymous Anónimo said...

A política que se vive, no nosso país e no nosso concelho, não é uma arte nobre. Os interesses partidários, a sede de poder, sobrepoem-se aos interesses da população. O país atravessa uma crise não só monetária mas também de valores, de ética. Reconhecendo valor a todos os cabeças de lista, julgo que todos eles estão tao mal rodeados que duvido que consigam implementar políticas beneficiadoras da população. A luta vai ser renhida entre o PS e o PSD mas eu irei votar em branco. É a única forma que encontro para mostrar o meu desagrado e descontentamento. Sabem que o voto em branco da maioria obriga a novas eleições com outras listas. Indignem-se!!!!!

 
At 30 de setembro de 2009 às 23:13, Anonymous Anónimo said...

Pergunto ao Sr. último comentador. Quem é que se candidata a Presidente? É o engº. Lizardo ou é a Drª. Graça , ou o Prof. Rafael? Que equipa é que o Pinto leva ou teve ao longo dos anos? Quem é que punha e despunha no tempo do Zé Amante? Só é cego quem não quer ver. É por isso que assim nunca mais passamos da cêpa torta. Com mentalidades destas nunca mais lá vamos.

 
At 30 de setembro de 2009 às 23:15, Anonymous Anónimo said...

Peço perdão mas referia-me ao penúltimo comentador. Dá para perceber.

 
At 30 de setembro de 2009 às 23:33, Anonymous Anónimo said...

O cabeça de lista é com toda a certeza o elemento mais importante mas foi por esse mesmo motivo, pelo facto de não se ter rodeado de bons elementos que o Pinto se tornou um diatdor. Um só elemento não faz uma boa equipa de trabalho.

 
At 1 de outubro de 2009 às 00:00, Anonymous Anónimo said...

E Porque estamos a tirar i
lacções se ainda não demos oportunidade ás pessoas para mostrarem o que valem?

 
At 1 de outubro de 2009 às 00:07, Blogger Rafael said...

Para o Anónimo das 10:53:00

Dei voltas e mais voltas antes de decidir a responder, mas a poeira era tanta, que resolvi escrever alguma coisa.

Sim, o meu nome è Rafael Martins, estou na lista para a Câmara Municipal, a apoiar a lista do PSD/CDS.

Quem me conhece, sabe que sou professor há 27 anos, a maior parte passados em Ponte de Sor.

Pela primeira vez na minha vida resolvi aceitar o convite que me foi feito pelo meu amigo Lizardo, para um cargo que gera muitas confusões na nossa terra: a Presidência da nossa Câmara.

Em diversos comentários aqui colocados foram frequentes os ataques à minha pessoa, das maneiras mais rasteiras e cobardes. Ninguém foi capaz de me fazer uma acusação com identificação, visto que todos se chamam «Anónimo»!

Ora vamos aos factos:

1. «só agora despertei para a política».
Tenho 49 anos e passaram-se 35 depois do 25 de Abril. Nunca me viram posição política, excepto quando tenho que ir depositar o meu voto. Aliás, uma das condições que coloquei ao Engº Lizardo para fazer parte da lista, foi aparecer como Independente, que é isso que eu sou. Portanto, não despertei para a política, apenas respondi a um convite que amavelmente me foi feito.

2. «Nas reuniões em que participo, entro mudo e saio calado».
Quem me conhece sabe a minha forma de agir, curioso (?) que quem poderia fazer um comentário destes só poderia ser alguém que frequenta o mesmo sítio de trabalho que eu! E que trabalha (?) comigo! E sei que nesse sítio há muitos... digamos, anti-corpos à espera de fazer «mossa». E essa(s) pessoa(s) só pretendem atirar areia para os olhos dos Pontessorenses!

Porque ao longo destes anos já fui Director de Turma por inumeras vezes, participei o que achei que devia ter participado, nas funções que desempenhava, fui igualmente Presidente da Assembleia de Escola...

É verdade que não falo só por falar, ao contrário de muitos que adoram ouvir a sua verborreia, que se olham ao espelho e se julgam qualquer Adónis!

3. «o único contributo que dou à Escola é a sua participação no Comenius (passeios...)»

Ora cá está mais uma acusação poluidora de mentes. E de alguém que, dentro do sítio onde trabalho (novamente), sabe que oo que faço não se cinge àquilo de que me acusam. Era bom, era, não dar as minhas aulinhas, tratar de todas as burocracias das Direcções de Turma...

Repararam? O ÚNICO!!!

(continua...)

 
At 1 de outubro de 2009 às 00:08, Blogger Rafael said...

Quem conhece o Projecto Comenius sabe que é um Projecto sob a égide da Comunidade Europeia que permite que professores possam desenvolver encontros Europeus de formação com professores de todo o lado, encontros esses que têm lugar em diversas partes da Europa. Os professores, nesses encontros, levam alunos (já agora, já levámos mais do que 2 alunos, a vários países europeus) que têm a oportunidade de conhecer realidades diferentes, países das mais diversas cores, com realidades culturais com imensos matizes...
Claro que quem me acusa de levar esses alunos nesses... «passeios» europeus são pessoas tão pequeninas e tacanhas, tão mesquinhas e «poucochinhas» que não conhecem outra realidade que a nossa cidade, com todas as mesquinhezes e maldicências, e que pensam que o mundo começa e acaba no seu umbigo!

Por isso, e para terminar, cada qual pensa como quer e vota naquilo que quer. Pode-se usar a inteligência para rebater ideias mas, infelizmente, nestes comentários só há cobardia das pessoas, que lhes permite não dizerem quem são e a mando de quem é que afirmam o que dizem, sempre acoitados no manto do cobardia e do «anónimo».

Quanto a mim, já sabem: dou a cara e chamo-me Rafael Martins, de 49 anos, sou candidato incluido na lista do Engº Lizardo e a minha obra, o meu trabalho e a minha honestidade falam por mim. Posso sair à rua de cara direita que ninguém me irá acusar de qualquer trafulhice. Será que aqueles que me acusam poderão dizer o mesmo?

Quanto aos Anónimos apoiantes de outras listas e «interesses», escusam de insistir, visto que esta é a minha primeira e última intervenção. Não pretendo manter polémicas estéreis e fúteis, pois a vida não se esgota na pequenez de um teclado de computador e nas páginas de qualquer blogue.

Por isso, despeço-me de todos os Pontessorenses, lembrando que, no dia 11, é nas pessoas que devem votar. Devem olhar para o caminho que cada pessoa fez, se são honrados, honestos, trabalhadores, profissionais.

Porque foi isso que eu fiz, e é por esse motivo que apoio e continuo a apoiar o Engº Joaquim Lizardo, um Pontessorense de gema como eu.

 
At 1 de outubro de 2009 às 00:31, Anonymous Anónimo said...

Parabéns professor Rafael, vá em frente. Como diz o ditado, a inveja é a arma dos incompetentes.

 
At 1 de outubro de 2009 às 01:33, Blogger TxinTxin said...

Cambada de cobardes!!

Não basta de baixezas? Só sabem é ofender uma pessoa que toda a Ponte de Sor conhece, uma pessoa honrada, que trabalha em prol da cidade.
Quem vos deu o direito de ofenderem assim?
Cá para mim isto cheira-me mas é a dor de cotovelo.

Força Prof. Fui seu aluno e sei quanto vale. Os cães ladram e a caravana passa.

Sabe o que eu faria? Enxotava-os!
Dia 11 tem o meu voto.

Um seu antigo aluno

 
At 1 de outubro de 2009 às 03:58, Anonymous JMB said...

Olá srº Lizardo, pensei que pelo menos nesta altura que decorre a campanha se torna-se mais simpático, comunicativo até porque é para seu interresse conseguir a camara de Ponte de Sor, mas dessa forma não só não vai conseguir como ainda vai perder o cargo de vereador, pense um pouco comigo "se ainda não ganhou e é tão antipatico então quando chegar a ganhar ninguem o pode aturar será que é isso que o povo quer? Se for presidente e que alguem (do povo) o aborde na rua então vai parecer um cão raivoso a responder aos pobres inocentes". Por vezes não é só prometer coisas tambem conta a forma como as promete (embora pelo que ouvi na radio no tempo de antena) ou digamos não promete da-nos é musica e que musica. Mas isso é contagioso é que já alguns candidatos a Junta de Freguesia estão iguais. Ainda está a tempo de mudar, já que quer tanto mudar apostar no futuro então comece primeiro por si e por quem o rodei.

PS: tenha cuidado no que diz no seu dia a dia é que está a perder votos.

Cumprimentos
João Manuel Bastos

 
At 1 de outubro de 2009 às 09:00, Anonymous Anónimo said...

Este João Manuel Bostas deve ser mais um dos passadeiras vermelhas do ditador.

 
At 1 de outubro de 2009 às 10:04, Anonymous João said...

Caro amigo Rafael,
Em primeiro lugar dou-te os parabens pelo comentario.
Todos nos sabemos quem o fez e com que intençoes.
Força amigo vamos mudar isto.

 
At 1 de outubro de 2009 às 11:10, Anonymous Anónimo said...

Dr. Rafael não ligue a certos comentários baixos, sabe tão bem como eu que a sede de poder leva as pessoas a tudo, inclusivé a escrever mentiras e a prejudicar colegas... sim porque está na cara que quem lhe dá tamanhos elogios infelizmente é alguem com quem tem de privar.
Sabe...os cães ladram e a caravana passa.
Bem Haja pela pessoa que é e tem sido toda a vida.

 
At 1 de outubro de 2009 às 11:14, Anonymous Anónimo said...

Acedo a este blog para ver os comentários e assuntos em discussão mas não costumo intervir, mas neste caso teve de ser.

As pessoas que aproveitam este espaço para usando o anonimato ofenderem pessoas sérias e honestas não passam de um bando de cobardes e hipócritas, que estão com medo de perder o tacho e a mama que o Dr. Pinto lhes dá na câmara.

No caso do prof. Rafael, se ele fosse na lista do quero, posso e mando, ou seja na lista do PS, não seria atacado desta forma vil, por algum colega que também anda a mamar da câmara.

Sou militante do PSD e tenho muito orgulho do prof. Rafael ter acedido a integrar as listas do meu partido, mesmo sabendo que dificilmente vai ser eleito.

O prof. Rafael, foi meu professor aqui na escola à vinte cinco anos e desde aí sempre o respeitei por ser uma pessoa competente, educada, séria e honesta e ainda hoje, quase diariamente nos vemos e cumprimentamos, normalmente à hora de almoço e continua a ser a mesma pessoa.

È importante que pessoas como o prof. Rafael que têm profissão e vencimento certo, queiram participar na actividade politica concelhia e tentar mudar para melhor o que está mal.

São estas pessoas, que não são politicos profissionais, que não precisam, nem querem a mama da politica que podem fazer alguma coisa pelo nosso concelho.

Ou então acham que são os carreiristas como o Pinto, Jordão,Amantes e companhia?

Prof. Rafael, continue e chame os seus amigos e mais pessoas válidas, para que se consiga criar melhores condições para TODOS no nosso concelho, em vez de obras e esquemas no interesse de meia dúzia e que em nada beneficiam o concelho.

Um seu aluno de Vale de Açôr.

 
At 1 de outubro de 2009 às 12:08, Anonymous Anónimo said...

Professor Rafael , o que esse dançarino que trabalha consigo quer e tacho o não se ve logo quem e o gajo todos nós sabemos mas o tacho acaba-se tenho dito força.

 
At 1 de outubro de 2009 às 13:14, Anonymous Anónimo said...

ridicula esta gente...profundamente ridicula.

 
At 1 de outubro de 2009 às 13:23, Anonymous Anónimo said...

Trabalha-se com uma pessoa, priva-se com ela, mas a sede de tacho é tanta que certas pessoas, esquecem os bons valores, a dignidade, a honra e ... atraiçoam...um colega!!
A sede de poder é tanta que se faz de tudo.
Sr. Professor parabéns pela sua pessoa e pela sua maneira de ser e estar.

 
At 1 de outubro de 2009 às 13:49, Anonymous Anónimo said...

Às vezes apetecia me escrever aqui o nome do Judas.
Vou tentar conter-me.
Força Rafael estamos contigo.

 
At 1 de outubro de 2009 às 14:50, Anonymous Anónimo said...

Como é que um tipo que nao consegue sequer resolver o problema do abastecimento de agua ás populações no distrito de portalegre nem resolver o problema dos esgotos na ponte sor que ocupa o cargo de director na empresa que manda nisto tudo e que também deve mandar alguma coisa?! quer chegar a presidente de uma cãmara como a de Ponte de Sor. Quem nos acode se isso acontecesse?

 
At 1 de outubro de 2009 às 14:55, Anonymous Anónimo said...

Rafael,
Já há algum tempo que não tinha visitado este blogue, muitos afazeres...Enfim! mas, hoje fui chamado a atenção para o facto deste blogue ter certas intervenções que só revelam quem as faz!Será medo? Mas, medo do quê? Que o PSD/CDS ganhe as leições? Ou será que estas pessoas têm mesmo baixo nível e sob a capa do anonimato são capazes de dizer tudo o que suas mentes tortuosas são capazes de engendrar?
olha, meu amigo, não sei...Mas, parece que a forma como esta gente se porta mais parece terem perdido qualquer coisa...O que será? A arrogância? o considerarem-se tão bons e agora Olham-se ao espelho e veêm que há gente tão boa/bonita quanto eles ou melhor que eles! Enfim, estou a falar em sentido metafórico! Naturalmente que quem escreveu estas atrocidades não tem nível,não tem espelhos, não tem consciência,tem certamente muitos telhados de vidro e muita gente já conhece os conhece...Não ligues, segue o teu caminho e aquilo que achas correcto, pois os cães ladram e a caravana passa!
|

 
At 1 de outubro de 2009 às 18:31, Anonymous Anónimo said...

Relativamente ao post do prof. Rafael, cumpre-me esclarecer o seguinte:
1-Não sou professor, no entanto e como encarregado de educação de um aluno que já andou nessa escola, participei em reuniões de Conselho de Turma, onde também estava presente o sr. professor;
2-Ao falar do Comenius fi-lo na perpespectiva de mostrar que todos nós gostamos de vaijar e se não tivermos que pagar as viagens, tanto melhor. O Pinto viaja muito, por isso é muito criticado mas se meter-mos a mão na consciência também já o fizemos. O Sr. procura abrir horizontes e estudar estratégias. O Pinto só passeia?
3-Reconheço que depois de postar aqui fiquei a pensar no assunto e talvez dê o meu voto ao Lizardo, talvez ele consiga por termo a determinados procedimentos. Não sei, vou reflectir sobre o assunto. Quanto à minha não identificação é um direito que me assiste. Tantos e tantos blogues visitados e poucos posts assinados, qual é a confusão?

 
At 1 de outubro de 2009 às 19:31, Anonymous Rui E. said...

Caro Amigo Rafael Martins,
Em primeiro lugar um grande abraço de um colega de brincadeiras de cachopos no largo da Matriz.
Caros concidadãos Pontessorenses da nossa idade, todos temos o prazer de sermos amigos de alguns do membros das lista concorrentes às autárquicas, tanto na lista do PSD/CDS-PP como na lista da CDU, Já não falo na lista do PS, porque aqueles nossos concidadãos, não são da nossa idade e tempo.
Tenho acompanhado de longe, a vida politica do nosso concelho, através deste blogue, o qual considero o único meio livre do nosso concelho. Por conseguinte desde já manifesto o meu apoio às duas candidaturas que considero que integram pessoas, sérias, honestas e trabalhadoras, que se metem nisto, para trabalhar em prol do concelho e não para se servirem do cargo.
Como infelizmente não posso votar aí, porque estou muito longe, faço um apelo aos meus concidadãos Pontessorenses, no dia 11 votem todos a fim de "acabar com estado a que isto chegou".

 
At 1 de outubro de 2009 às 19:50, Anonymous Anónimo said...

Culpar o senhor engenheiro dos esgotos a ceu aberto a correrem para a ribeira do sor e ridiculo, a culpa e da camara socialista e demais ninguem , o dinheiro das viagens dava para pagar o emisário ou seja a conduta para ligar a ETAR da Tramaga, ja agora as manilhas que correm a ceu aberto para o rio sor a muitos anos tambem foi o Engenheiro lizardo que la as colocou meus senhores não acusem , nem queiram tapar o sol com a peneira digo e continuo a dizer tenho vergonha de pasear com amigos meus junto ao rio sor vulgo dizer ao esgoto da cidade, senhor presidente ja lhe disse se fosse ao senhor nem concorria e o senhor so o faz porque sabe nas trapalhadas em que anda metido não e verdade mas mais cedo ou mais tarde tudo se saberá e pena é que as pessoas não abram os olhos a tempo, mas como vai ficar sem maioria e como ja perdeu Montargil, foros e claro Galveias, não vai continuar a poder fazer tudo o que quer, e vão ser so mais quatro anos depois vai-se saber tudo anão ser que apague tudo .
Sou socialista mas tenho vergonha deste partido que governa a minha terra senhor engenheiro força em frente derrote este senhor que usa e abusa do poder que o povo lhe deu.

 
At 1 de outubro de 2009 às 19:51, Anonymous JMB said...

Caro sr. Anonimo das 9:00 am, eu assino o meu nome e já disse que até por acaso sou do PSD mas não mulitante ao contrario do senhor que se tem que esconder atrás de um nome ANONIMO e nem a sua cor politica consegue revelar,ou será que talvez tenha a esconder? Ficamos na duvida.....
Como vê não uso passadeiras vermelhas ou então até sou capaz de ter uma por ai só para o poder toriar!!!!

Cumprimentos
João Manuel Bastos

 
At 1 de outubro de 2009 às 21:02, Anonymous Anónimo said...

Sr. João Manuel Bostas..., desculpe, engano-me sempre no seu nome, em vez de Bastos digo sempre BOSTAS. Mas o Sr. é tanto João Manuel Bastos como eu sou Bastos Manuel João, a bosta é a mesma. Já agora quanto à sua passadeira vermelha, quando se mirar ao espelho, levante-a, mas tenha cuidado não parta o espelho, e também o aconselho a frequentar uma escola para adultos e aprenda a escrever.

 
At 1 de outubro de 2009 às 21:17, Anonymous Anónimo said...

Esta é para o anónimo das 6,31

Aparece agora aqui, tal como uma virgem ofendida, a dizer que afinal é um pai que participa nas reuniões da escola (?), e que participou nas reuniões com o profe Rafael. Deve ter participado em muitas, pois tem uma opinião bem segura.
Cá para mim, é mas sim alguem encomendado por alguem para ofender terceiros. P'cebe?
No seu primeiro comentário diz que o professor, a unica coisa que fez na escola foi passear «à custa do erário público». Tambem eu sou pai, não de um mas sim de dois alunos que passaram pela mão do professor. Tenho uma desvantagem: não sou um pai que tenha tido a hipótese de participar nos conselhos de turma. Os afazeres profissionais não mo permitiram e estava na altura a trabalhar fora de P.Sor.
O que sei é que, quanto aos meus filhos, ainda hoje, na universidade, se lembram de coisas que o professor lhe ensinou.
Disse que nas viagens o profe alargou os horizontes e pergunta se é assim, «o Pinto só passeia?» Eu não sei, mas diga-me você que o deve conhecer bem. O que eu sei é aquilo que todos dizem, as pretas de cabo verde, etc etc etc.
Custa-me ver pessoas honradas serem assim insultadas. O dito professor não precisa de advogado defensor, porque o trabalho por ele feito nesta terra há mais de 20 anos falam por ele.

F.Silva

 
At 1 de outubro de 2009 às 21:46, Anonymous Anónimo said...

Pois é Sr. prof. Rafael... assim se vê... o sr. que tantas vezes aqui (e noutros locais!!!) disse mal de tudo e todos, para se defender resolveu identificar-se!!! é triste!

 
At 1 de outubro de 2009 às 21:53, Anonymous Anónimo said...

DR. RAFAEL MARTINS OBRIGADO PELA SUA CORAGEM !
SOU PSD E SEI QUE NÃO É FÁCIL NESTE PAÍS E PARTICULARMENTE NESTE CONCELHO DAR A CARA POR UM PARTIDO DA OPOSIÇÃO, O SENHOR TEM QUALIDADES PESSOAIS E PROFISSIONAIS QUE LHE PERMITEM PENSAR PELA SUA CABEÇA! ISSO INCOMODA OS YESMAN. QUERO AQUI EXPRESSAR-LHE, PUBLICAMENTE, NÃO SÓ A MINHA ADMIRAÇÃO PELA SUA ATITUDE DESINTERESSADA COMO DE TODOS OS SOCIAIS-DEMOCRATAS POR TÊ-LO JUNTO DE NÓS A COMBATER O PODER AUTORITÁRIO SOCIALISTA!
MUITO OBRIGADO!
CONTAMOS CONSIGO!
E OS PONTESSORENSES, QUE CRIARAM ALGUMAS DÚVIDAS NO INICIO, ESTÃO TODOS INCONDICIONALMENTE A APOIÁ-LO! O SENHOR MERECE!

 
At 1 de outubro de 2009 às 21:58, Anonymous Anónimo said...

È opinião unânime de quem conhece o meio educativo/cultural de Ponte Sor que o DR.Rafael Martins é a pessoa mais bem preparada para ser Vereador da Cultura! É só comparar com a Alice Nabiça Xuxa?!

 
At 1 de outubro de 2009 às 22:02, Anonymous Anónimo said...

Dr. Rafael, nós que fomos seus alunos, conhecemos as suas capacidades, conte não só com o nosso voto, como pode contar com o voto dos nosssos pais e amigos que pudermos influenciar.
Bem Haja!
Apenas por Ponte Sor,nada de partidos!
Votaremos PSD/PP !!!!!

 
At 1 de outubro de 2009 às 22:35, Anonymous Anónimo said...

Há uma coisa que não percebo:

Diz o anónimo das 9.46:

«Pois é Sr. prof. Rafael... assim se vê... o sr. que tantas vezes aqui (e noutros locais!!!) disse mal de tudo e todos, para se defender resolveu identificar-se!!! é triste!»

Onde é que o homem falou aqui no blogue? Só lhe conheço o esclarecimento mais acima. Falou mal de tudo e todos?! Onde? Por favor esclareçam-me.

E como é que é isso de «para se defender, resolveu identificar-se»?

Há qualquer coisa nesta história que está ao contrário: então o homem é achincalhado e insultado e resolveu defender-se... e não se podia identificar?! Como é isso? Era preferivel fazer como muitos servos da gleba do Poder Camarário que se assinam por «anónimo»? E espalhar o veneno por páginas e páginas de comentários?

Esta história já cheira mal. Discutam as ideias, discutam os projectos e deixem-se de cantigas!

Marília

 
At 1 de outubro de 2009 às 22:56, Anonymous Anónimo said...

Cuidado! Pelos vistos a pide também está instalada na Escola.

 
At 1 de outubro de 2009 às 23:41, Anonymous Anónimo said...

«pelos vistos»?...
Está lá há tanto tempo...

Madre Teresa

 
At 2 de outubro de 2009 às 02:53, Anonymous JMB said...

Sabe sr. Anonimo das 9:02pm até posso ir para a escola aprender mas o sr. tem que ir para o curral é onde os burros custumam estar.
Tenho que lhe dar os parabens é que escreve tão bem.... que nem o seu nome sabe assinar. Como já o fiz aqui mas vou faze-lo novamente se tem tantas duvidas no meu nome está aqui o meu mail joaomanuelbastos@hotmail.com meu caro eu não preciso esconder-me.
Sabe até tenho muitos espelos em casa mas quando voce passa por perto eles ficam em pedaços, porque será?
Talvez pelo seu porte de "toiro".
desculpe alguns erros mas estou a conduzir PARVALHÃO enganei-me é anonimo.

João Manuel Bastos

 
At 2 de outubro de 2009 às 09:35, Anonymous Anónimo said...

Sr. João Manuel Bastos, poderia continuar aqui com esta tourada, mas como o que me interessa são os destinos da minha cidade e como não é com ofensas que melhoramos a nossa qualidade de vida, vou ficar por aqui.
Apesar disso desejo-lhe felicidades.

 
At 2 de outubro de 2009 às 12:33, Anonymous Anónimo said...

Senhor manuel bastos calese com os seus comentario em nada contribuem para o esclarecimento deste blog, só ofende tudo e todos porque não o convidaram para listas do PSD eu sei que o senhor e um dinissauro do PSD vote la no pinto e na familia bom dia, e nao chateie, e livre de o fazer mas não de ofender.

 
At 2 de outubro de 2009 às 13:40, Anonymous Anónimo said...

Ai agora diz que é encarregado d educação e participa nas reuniões... muitas pelos vistos, eu também sou representante dos encarregados e nunca vi discutidos este tipo de assuntos... ai tristeza.

 
At 2 de outubro de 2009 às 14:40, Anonymous Anónimo said...

É uma vergonha, o que se está a passar na ribeira. Descargas poluentes e mais descargas, e de quem é a culpa? Quem é que ainda deixa a merda ir para a ribeira sem ser tratada e é o responsável da ANA pelos equipamentos? O sr Engenheiro? Ou não é? ele que escreva de sua justiça e assine já que anda cheio de coragem. E conte porque é que ainda nada foi feito. E já agora vão dar uma volta até ao rio e vejam a merda que lá se passa. E é este homem que quer ser presidente da Camara?

 
At 2 de outubro de 2009 às 16:04, Anonymous Anónimo said...

Se o pinto ganhar as eleições a revista vai ter continuidade. Já está acordado com os autores do actual numero. Mas depois das eleições o Pinto vai obrigar a que todas as funcionarias da autarquia sejam fotografadas em posições "atrevidas" para assim reduzir as contas das chamadas eroticas. A primeira, segundo fontes da casa civil (Barroqueira) do Presidente é a Dr.ªMaluqinha.
Serão ainda tratados assuntos nos numeros seguintes com os temas de investigação jornalistica:
"Toda a verdade sobre o que se passa nas casas de banho do edificio do Municipio".
"Nos meandros dos corredores e gabinetes do Municipio"
Secção de poesia: "Pinto este quadro para ti, Pinto" do Poeta L. Jordão em nome dos tempos que já lá vão.
Secção saúde: "Como manter a linha" por Alice Nabiça
Secção "nós por lá", com artigos sobre as viagens escabrosas do Presidente e companhia.

Por mim,refiro não conhecer os proximos numeros, só de imaginar como serão as marcas de bikini de algumas funcionárias fico enjoado, vou votar no Jquim.

 
At 2 de outubro de 2009 às 21:55, Anonymous Anónimo said...

Nunca escrevi neste blogue mas fiquei tão triste com o comentário 2:40:00 PM que resolvi manifestar aqui a minha indignação só pode ter sido escrito por alguém que depende do poder instalado na Câmara. É que o Eng. Lizardo não é como o eng. Socrates é mesmo engenheiro a sério. tenha vergonha e vá ver à Camara de quem é a culpa dessas situações.

 
At 2 de outubro de 2009 às 22:09, Anonymous UM AMIGO DO VALEAÇOR said...

Prof. Rafael mantenha a sua coragem em fazer parte da lista do eng. Lizardo e mantenha-se atento porque há alguém junto de si no trabalho que tem inveja da sua honestidade e caracter. Por isso continue a sua campanha como até aqui. FORÇA PROFESSOR RAFAEL.

 
At 2 de outubro de 2009 às 22:34, Anonymous Anónimo said...

A culpa das situaçõens no rio caca e do senhor presidente e não do senhor engenheiro como querem fazer querer a população. Tenham a coragem de assumir os erros em vez de gastarem o dinheiro publico em viagens e mais viagens.E por estas e por outras que sou PS e vou votar PSD.

 
At 2 de outubro de 2009 às 22:35, Anonymous Anónimo said...

O professor quem será o gajo será que dança muito bem o YES MEN.

 
At 3 de outubro de 2009 às 09:01, Anonymous Anónimo said...

Tal como vocês também pertenço ao concelho e uma coisa é certa não preciso colocar anónimo para exprimir a minha opinião, nem utilizar um vocabulário pouco adequado, nem muito menos ofender as diferentes forças políticas...afinal vivemos numa democracia!Quem não deve, não teme e estou certa que o concelho de Ponte de Sôr não pretende reviver os anos 80 e 90!Quer queiramos, quer não, o PS fez de Ponte de Sôr uma cidade, assim como das suas freguesias um melhor local a habitar...recordemos que no tempo da CDU, tivemos fundos da UE, que nunca vimos investidos no concelho...para não referir as inúmeras situações de desvios não só em Ponte de Sôr, mas também em todas as suas freguesias...relativamente, a assuntos, mas específicos, como as águas, todos sabemos e porque ninguém é ignorante, que tudo não passa de uma guerra política, que infelizmente polui o concelho...é triste, mas fica na consciência dos candidatos!!! Em Montargil passamos por essa situção...e não é por estarmos a 90 Km de Portalegre que deixamos de conhecer!Uma outra situação, que talvez não seja do conhecimento geral, é que o partido comunista, tem votado contra todos os projectos para esta freguesia.
Montargil assiste a um período de inovação e isso não podemos negar, está aos olhos de todos...acreditem não é por 250 euros, é mesmo por dedicação e vontade de ver crescer uma linda Vila!É triste ver quando todos se ofendem, qundo já tiveram uma oportunidade de décadas para mostrarem trabalho...É mais fácil mostrar uma resistência à mudança, do que admitir falhas...Lembrem-se que todos queremos um concelho melhor e para tal temos de funcionar em equipa e apoiar o desenvolvimento e formação.

 
At 3 de outubro de 2009 às 09:05, Anonymous Carina Constantino said...

Não consegui perceber como deixei ficar anónimo o comentário anterior, desculpem!

Carina Constantino

 
At 3 de outubro de 2009 às 09:07, Anonymous Carina Constantino said...

Tal como vocês também pertenço ao concelho e uma coisa é certa não preciso colocar anónimo para exprimir a minha opinião, nem utilizar um vocabulário pouco adequado, nem muito menos ofender as diferentes forças políticas...afinal vivemos numa democracia!Quem não deve, não teme e estou certa que o concelho de Ponte de Sôr não pretende reviver os anos 80 e 90!Quer queiramos, quer não, o PS fez de Ponte de Sôr uma cidade, assim como das suas freguesias um melhor local a habitar...recordemos que no tempo da CDU, tivemos fundos da UE, que nunca vimos investidos no concelho...para não referir as inúmeras situações de desvios não só em Ponte de Sôr, mas também em todas as suas freguesias...relativamente, a assuntos, mas específicos, como as águas, todos sabemos e porque ninguém é ignorante, que tudo não passa de uma guerra política, que infelizmente polui o concelho...é triste, mas fica na consciência dos candidatos!!! Em Montargil passamos por essa situção...e não é por estarmos a 90 Km de Portalegre que deixamos de conhecer!Uma outra situação, que talvez não seja do conhecimento geral, é que o partido comunista, tem votado contra todos os projectos para esta freguesia.
Montargil assiste a um período de inovação e isso não podemos negar, está aos olhos de todos...acreditem não é por 250 euros, é mesmo por dedicação e vontade de ver crescer uma linda Vila!É triste ver quando todos se ofendem, qundo já tiveram uma oportunidade de décadas para mostrarem trabalho...É mais fácil mostrar uma resistência à mudança, do que admitir falhas...Lembrem-se que todos queremos um concelho melhor e para tal temos de funcionar em equipa e apoiar o desenvolvimento e formação.

 
At 3 de outubro de 2009 às 14:56, Anonymous Anónimo said...

Oh, professor, realmente, ouvimos com cada coisa! Na escola ha alguém que tem inveja de si? Porquê? Não dança tão bem que todo o mundo o segue? Não inventa almoços, é certo que só para alguns e toda a minha gente não falta? Não percebo, então o amigo Pinto não o(s) terá(ão) convidado para as listas? Com tantos ajustes por baixo do tapete não combinaram nada? olhe, cá para mim, o medo e a maldicência têm a ver com o medo do PSD ganhar as eleições e ter que gramar consigo como vereador da cultura!!! Essa era muito boa, depois da última eleição para director, em que todos os elementos da Câmara votaram no dança bem, em que estava tudo concertado para manter aquela equipa que sempre trabalhou em equipa (deixa-me rir!!até consta que chamavam bipolar ao chefe), agora ter que gramar consigo era dose!
Um encarregado de educação que por hora não lhe interessa dizer o nome, pois não quer que os seus filhos sofram retaliações!Tempos de asfixia democrática

 
At 3 de outubro de 2009 às 17:01, Anonymous Anónimo said...

Já para não falar nas viagens de taxi depois de certos jantares e compras de umas coisas para a escola e o resto que levou para casa.
Ai, ai,...
Se a malta coloca a boca no trombone de varas é que o ilustre eleito professor de ginástica e os seus cachorros ficam nus de todo, pois as vergonhas e desvios tem sido muitos...

 
At 4 de outubro de 2009 às 16:12, Anonymous Carina Constantino said...

Qual o ver dadeiro conceito de asfixia democrática?! Como bons portugueses, procuramos sempre utilizar o vocabulário dos outros, está na altura de sermos mais originais!!!Lembrem-se que todos queremos um concelho melhor e que só devemos falar das coisas quando realmente as vimos e ouvimos!!!
Uma coisa é certa o vacabulário pouco adequado não interessa ao concelho, e se por acaso querem fazer alguma coisa por ele, não é a ofenderem-se uns aos outros que vão chegar lá...argumentem quando realmente têm conhecimento geral das situações...Uma coisa é certa, eu nunca escolheria pessoas que perdem tempo em dizer mal un dos outros e em que a vossa felicidade é a infelicidade dos outros...

 
At 4 de outubro de 2009 às 19:50, Anonymous Anónimo said...

Minha cara amiga,

Gostaria de saber que qual o tacho que está defender? Será o do pai ou o da mãe?
Já agora pretende dar lições a quem? Faz perguntas sobre o que é a asfixia democrática, talvez ainda seja muito nova e não saiba o que isso é... Mas, pergunte, aos seus conterrâneos que eles certamente lhe dirão o que é esse bicho, porque muitos já sentiram isso na pele e continuam a sentir|

 
At 5 de outubro de 2009 às 11:15, Anonymous Carina Constantino said...

Caro amigo, felizmente, lá em casa não precisamos de pedir tachos e panelas para ninguém, nem de espreitar às portas quando não somos chamados...Para sua informação, o pai já está reformado no último escalão de docente e a mãe para lá caminha!
Pensei em dar um contributo e ser sincera, mas já percebi que aqui não é o melhor lugar, fico receosa com o futuro do concelho, depois de ler estes comentários...Aqui sim vejo asfixia democrática!
Estaremos cá para assistir daqui a alguns nos....

 
At 5 de outubro de 2009 às 11:20, Anonymous Anónimo said...

Afinal, não sou assim tão nova, o tempo passa e o futuro está na inovação e acredite, quer queiramos quer não, somos seres humanos e compensa mais tarde sermos humildes e mostrarmos realmente quem somos, o que fazemos, com que objectivo e para que fim...tudo funciona melhor, quando não temos vergonha de dar a cara...

 
At 5 de outubro de 2009 às 11:22, Anonymous Carina Constantino said...

Peço-lhe imensa desculpa, mas deixei anónimo...Carina Constantino.
Percebo que seja alguém com alguma maturidade e com a sua experiência de vida, não vai de certo ter receio de dar a cara!

 
At 6 de outubro de 2009 às 22:02, Anonymous Anónimo said...

mas quem é esta CARINA,que só tem conversa fiada?
menina,intervale...

 
At 6 de outubro de 2009 às 22:50, Anonymous Anónimo said...

As pessoas que acreditam de boa fé que o engº Lizardo não tem nada a ver com o estado miserável em que está o saneamento e o abastecimento de água ao concelho, não conhecem bem a origem dos acontecimentos. Não se esqueçam que o senhor engenheiro tem ao mesmo tempo responsabilidades na Câmara e na empresa Águas do Norte Alentejano. Se ele votasse na Câmara contra a empresa, estaria a votar contra os seus próprios interesses. Por isso, votou sempre a favor da empresa e contra os pontesourenses. Se ficar na Câmara vai continuar a fazer o mesmo. E a Ponte de Sôr vai ter de esperar mais 20 anos para ver esses graves problemas resolvidos.

 
At 6 de outubro de 2009 às 22:53, Anonymous Anónimo said...

Mas como é que será possível haver gente que diz tantas atoardas, não se rir e conseguir ver-se ao espelho?

Francamente, há cada um...

 
At 6 de outubro de 2009 às 22:55, Anonymous Anónimo said...

Esta Carina, tem como apelido Constantino Veludo e felizmente não precisa de conversas fiadas...Aprendam a respeitar as diferenças, só assim terão um concelho melhor!

 
At 7 de outubro de 2009 às 00:04, Anonymous Anónimo said...

Quero fazer aqui um pequeno comentário sobre as três primeiras pessoas que compõem a lista do PSD. Mas antes disso devo dizer que sempre fui e quero continuar a ser PS.
Em relação ao Engº. Lizardo e ao professor Rafael, conheço-os desde crianças, bem como às suas famílias. Sempre foram pessoas honestas e trabalhadoras. Têm conseguido vencer na vida à custa de muito esforço e dedicação.
Em relação à Drª. Graça, mais novinha, ainda me lembro de ver o seu avô paterno, Dr. Leonardo, a namorar à janela com a sua avó, Drª. Milú, pessoas muito inteligentes. O avô faleceu muito novo.
Tudo isto para dizer que estas três pessoas reúnem as condições ideais para tomarem conta dos destinos do nosso concelho e para isso temos que lhes dar essa oportunidade no próximo dia 11. Eu vou votar neles e não no meu partido.

 
At 7 de outubro de 2009 às 09:34, Anonymous Anónimo said...

Pedido de desculpas: No meu comentário das 12.09AM, mencionei o nome da avó da Drª. Graça como Drª. Milú quando devia ter mencionado Drª. Milau. Peço imensa desculpa pelo lapso.

 

Enviar um comentário

<< Home