sexta-feira, 17 de fevereiro de 2006

TAVEIRA PINTO SONEGA ACTAS AOS VEREADORES DA OPOSIÇÃO



A pespectiva democrática do presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sôr, o socialista Taveira Pinto é tão deturpada que este não fornece aos vereadores da oposição eleitos pelo PSD e CDU as cópias das deliberações onde estes próprios participam.
Os vereadores já solicitaram, mais que uma vez, por requerimento, cópia das actas das sessões de Câmara e nunca obtiveram nenhuma.

Foi ainda tentado solicitar aquelas, por via do funcionário de apoio aos orgãos municipais, o qual entre a gaguez e o atrapalhamento lá disse: ...tem que pedir ao senhor presidente...



22 Comments:

At 17 de fevereiro de 2006 às 17:43, Anonymous Anónimo said...

Isto é pior do que no tempo do Salazar!
São estes "gajos" socialistas?

 
At 17 de fevereiro de 2006 às 17:49, Anonymous José Manuel said...

Dantes os inimigos eram só os comunistas, agora já são também os socias-democratas.
Isto vai lindo...
Vai...

 
At 17 de fevereiro de 2006 às 17:54, Anonymous António Abreu said...

Este bugalheira saíu cá um xuxalista de m...
O caciquismo dele é igual aos dos ditadores de m...

 
At 18 de fevereiro de 2006 às 04:57, Anonymous Anónimo said...

O gajo não é nenhum ditador salazarista. É pior do que isso. É comunista.

 
At 19 de fevereiro de 2006 às 14:48, Anonymous Anónimo said...

O homem não mostra as actas porque em reuniões de Câmara é decidido uma coisa e ele borrifando-se para o que foi deliberado,faz outra.
Ele pensa que é superior à própria Câmara. Reuniões de Câmara para quê? Ele é que decide.Ninguém pode ser superior a ele! Sua Excelentíssima o " Ditador Pornográfico"!

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 11:21, Anonymous J E R said...

OS ELEITORES TÊM O QUE MERECEM

Durante anos a CM de Ourique era o modelo do PSD, a ilha laranja no mar vermelho do Alentejo, um exemplo usado pelo partido para expandir a sua influência numa região hostil.
Agora a câmara está falida, os clientes penhoram os seus bens, o autarca modelo fugiu nas últimas legislativas, e as culpas estão por apurar.
Mas é bom que não se considerem os eleitores de Ourique como vítimas de um engano, como não o são os de Ponte de Sôr, Oeiras, de Gondomar, de Felgueiras ou de Marco de Canavezes, os eleitores de Ourique, de Ponte de Sôr, de Oeiras, de Gondomar, de Felgueiras, de Marco de Canavezes escolheram o que agora têm, e são os grandes responsáveis pelo descalabro autárquico no concelho.

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 13:07, Anonymous Cmo vcs dzem.."AILHADO DO BUGALHEIURA) said...

Sr ze da ponte: (q como tdos sbem, é como quem diz sr ze amante e filho) ganhe juizo.

Você até podia ser alguem competente e capaz, mas infelizmente a dor d cotovelo é grand e o sr n passa d um impostor atrasado mental.

Impostor não é cmg, mas sim com os eleitores comunistas nesta terra q o elegeram para exercer com responsabilidade um mandato, só k o sr não sab fazer uma critica construtiva, não tem uma ideia para a terra e parece q o exercicio do seu mandato é escrever neste blog k é pra ver s engana alguem nesta terra.

Como diz o post antes d mim, realmente é verdd, cada terra tem o q merece. Felizmente há gente inteligente nesta terra, e ate parece q o ppl d montargil também já ganhou juizo, deixando d votar nos maiores vigarista deste concelho. Felizmente a ponte de sor tem gente suficientemente inteligente para votar PS, e para q a ponte de sor continue a se desenvolver, tal como aconteceu estrodosamente e reconhecidamente nos ulimos 12 anos. Assim espero q continuo e assim quero a minha terra. Não com atrasados mentais como os srs...

já s esqueceram da ultima votação para perceberm o q realmente valem??? é só kem é burro é k n percebo q é o ze da ponte, o ze amante, q posta e comenta uma serie d vezes com nomos diferentes, para pensarem k isto é muita gente diferente.

Felizmente, ninguem liga a impostores. E felizmente os comunistas são cada vez mais um animal politico em vias d extinção (não sei é cmo é q ainda existem desde 1991). E espera mais uns aninhos q cmo é obvio morrem tdos (já k kem vota em vcs são akeles velhos q n têm capacidade para compreender q o comunismo é uma autentica falacia política, uma ideologia que já no sec XIX os economistas sabiam q a tese de marx não estava correcta)

Vá pa m despedir não podia deixar de desejar as maiores feliciudades à ao pinto pra este mandato.

Todos sabemos o quanto a ponte de sor precisa dele.

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 13:59, Anonymous JUM said...

Oh AILHADO DO BUGALHEIURA és um anormal.

Em primeiro lugar deves aprender a escrever e depois vir para aqui colocar comentários.

Vai para a escola já!

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 14:02, Blogger O PONTESSORENSE said...

A VERDADE CADA DIA QUE PASSA VAI INCOMODANDO MUITO MAIS...
A VERDADE DÓI MUITO...
A VERDADE É COMO AZEITE...

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 14:03, Anonymous Anónimo said...

Na última votação o bugalheira perdeu.
Não estou enganado.
Qual foi o resultado do candidato presidencial apoiado pelo bugalheira?

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 14:06, Anonymous M.Martins said...

Doze anos de vigarices.
Doze anos de compadrio.
Doze anos de incompetência.
Doze anos caciquismo.
Doze anos de ladroagem.
A busca da Judiciária tudo isso veio à rede...

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 14:09, Anonymous Maria Cristina A. said...

Além da Câmara de Ourique à outra igual aquí bem perto, a da cidade de Santarêm onde o PS governou durante 30 anos.
Agora até o mobiliário do gabinete do presidente da câmara está penhorado para o pagamento de dívidas a fornecedores.

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 14:10, Anonymous Anónimo said...

Cresce e aparece «AILHADO DO BUGALHEIURA»

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 14:12, Anonymous Anónimo said...

É da água que bebes da rede, por isso é que vêns para aquí debitar babuseiras ou então já estás como o teu dono com o vírus H5N1.
Para este a cura é a inceneração...

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 14:51, Anonymous José Manuel said...

Este afilhado do bugalheira é um cromo igual ao padrinho, ora vejamos:

- Não sabe nada mas finge saber;

- É do mesmo calibre do "mafioso", sem educação;

- É mestre em bacuradas como o padrinho;

- Não conhece Ponte de Sôr, nem as suas gentes;

- Não sabe nada de história;

Enfim é mais um coitadinho igual ao chefe dele...

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 15:21, Anonymous Z. T. said...

Lá Vem a Nau Catrineta Que Tem Muito Que Contar...

De rosa se fez zarpar
para uma nova demanda
é D. João José quem comanda
esta Nau em alto mar
dessa odisseia sem par
de loucos navegadores
ouvi agora senhores
outra estória de pasmar

Vigia: Barco à vista!...Bar...

Tenente: Já te ouvi ó meu artista, vê se paras com o chinfrim, é veleiro ou bergantim?

Vigia: É chalupa, isso sim!

Tenente: De Galveias?

Vigia: !? De onde?!

Tenente: Esquece, estava a pensar noutra alhada.

Vigia: Tem a flâmula hasteada, vejo bem, é de Marrocos.

Tenente: E vem nesta direcção?

Vigia: Em rota de colisão.

Tenente: Ó diabo, outra cegada!

(para um dos marujos) Vai já chamar D. Joaquim Carita e também o Capitão. (para o armeiro da Nau) Arma canhão a canhão e prontos a fazer fogo; E chama-me os enfermeiros.

Vigia: E o corpo de bombeiros?

Tenente: Podes chamá-lo também, cheira-me a caldo entornado.

Vigia: A mim a nada me cheira (snif), mas como estou constipado...

Tenente: Vê se estás mas é calado e não digas tanta asneira

(Chegam o Capitão D. João José e D. Joaquim Carita)

D. João José: Passa-me lá a luneta; anda então na costa um mouro?

Vigia: Não vislumbro bom agouro p'rá pobre da Catrineta...

D. Joaquim Carita: Vê se calas a trombeta e dás à sola tesouro! Junta-te lá à gandula que é aí o teu lugar.

Tenente: Eu já o mandei calar, teimoso como uma mula!

D. João José: Dá à sola zé caçula que agora é com quem usa a mona, não para quem tem por cabeça um caroço de azeitona.

D. Joaquim Carita: Eh,eh,eh,eh,eh,eh,eh! vai correndo numa fona, sois danado D. João José, têm-vos cá um cagaço!...

D.João José: Se os deixo tocar-me o braço, podeis querer que estou tramado. ( olha pela luneta) Juro que a fronha do persa já a vi em qualquer lado...(passa a luneta a D. Joaquim Carita).

D. Joaquim Carita: Ah! pois já o viu carago! foi na segunda ou na terça?... é o mouro destemperado embaixador de Marrocos...

D. João José: Pois é, tendes razão, que quererá esse doutor?!

D. Joaquim Carita: Eu sou franco meu senhor, não faço a mínima ideia! (a chalupa aproxima-se e hasteia bandeira de pedido de acostagem) Não deteto hostilidade na chalupa da moirama...

D. João José: Quando conheci Osamma também só vi santidade, e no entanto... foi aquilo que a gente sabe. Estejamos nós preparados para o que der e vier.

(Barcos acostam. Mouro sobe à Catrineta)

Embaixador: Sabah el- khayr!

D. João José: Bom dia para si também. Sede vossa senhoria bem vindo à Catrineta, mal o mirei na luneta foi grande a minha alegria; tão ilustre visitante é sempre enorme prazer.

Embaixador: Venho só agradecer (para D. Joaquim Carita )a vossa (para D. João José) e a vossa mercê.

D. João José: (!?) Juro que não estou a ver (!?) mas agradecer o quê?!

Embaixador: A posição ora então!?... que ambos vocês tomaram quando uns pulhas publicaram ofensas ao Grande Islão!

D. João José e D. Joaquim Carita: Àhhhh!!!!!

Embaixador: E tocou-me o coração a forma como (para D. Joaquim Carita) o senhor com bravura e destemor falou na rtl.

D. João José: Um valentão, um tenente que é um amor!

(D. Joaquim Carita fica muito corado e calado)

Embaixador: Sem favor! Mas a verdade porém, é que a razão mais premente de eu estar aqui presente, antes de ir à Barroqueira, foi um mail que recebi vindo do Grande Ayatolla, sobre a tal exposição nos celeiros (aponta para D.Joaquim Carita) cuja ideia veio de si.

D. João José: Eu juro que não ouvi(!?), falaste em exposição nos celeiros?!

D. Joaquim Carita: Eu...

Embaixador: Como ele o comoveu...veja bem, que até chorou o meu querido Ayatolla!

D. João José: Perdoem-me porque não estou a entender patavina!?

Embaixador: ?! Como não?!

D. Joaquim Carita: Tenhamos lá calma então, meus senhores...por favor, desculpai-me embaixador, esclareço Capitão: Na entrevista que dei no princípio da semana, a certa altura falei em fazer uma exposição de recolha da água no d...

D. João José: Mas que ideia mais bacana!

D. Joaquim Carita:...É, não é meu Capitão? De um lado estava o Islão e do outro a Cristandade!

D. João José: E o comissário, é verdade? Pensaste no pormenor?

D. Joaquim Carita: Claro que sim meu senhor, nesse dia de manhã!

D. João José: E...

D. Diogo: Seria o Luís Laranjeira, isenção não há maior!...

(embaixador fica perturbado)... se o Islão concordar!

Embaixador: Primeiro vou consultar o Supremo dos Imã, mas juro-vos que amanhã resposta vos virei dar. Pode ficar combinado?

D. Joaquim Carita: Cá por mim está tudo bem!

D. João José: Eu igualmente...também!

Embaixador: Fica o encontro marcado. Que Alá vos traga bom vento, foi muito bom o momento, foi muito do meu agrado.

D. João José e D. Joaquim Carita: Nós igualmente, obrigado!

(Vai-se o embaixador e a chalupa moura faz-se ao largo. D. João José agarra rapidamente e com força o braço de D. Joaquim Carita e leva-o para o camarote)

D. João José: Não sei bem se sois maluco ou um génio colossal!...

D. Joaquim José: Vedes na exposição algum mal?

D. João José: Vejo é um ninho de cuco!

D. Joaquim Carita: De cuco?!

D. João José: Belo animal! despeja os ovos todinhos nos ninhos da vizinhança!

D. Joaquim Carita: ?!...Não alcanço a semelhança!?...

D. João José: Pois não... siga a dança, por isso ainda és tenente e eu sou teu Capitão...

D. Joaquim Carita: ???!!!

D. João José: Devias ter atenção ao entrares no improviso, houve bué falta de siso nessa da exposição nos celeiros.

D. Joaquim Carita: Mas se até o Aiatolla...

D. João José: Qual Aiatolla qual quê, sobre a bola já se vê, fizeste merda e da grossa!...

D. Joaquim Carita: Bem...se fiz talvez se possa...

D. João José: Agora não há papel!...isto vai dar um granel que tu não queiras saber!... Que poderei eu fazer? Pensa Pinto, pensa depressa!...

D. Joaquim Carita: Meu Capitão, ora essa?!... não o estou a entender!...

D. João José: Isso dá p'ra perceber... bem vamos lá a ver então; Telefona ao António Prates...

D. Joaquim Carita: Como assim (não estais vós zangados)?!

D. João José: P'ra que arranjem obras de arte para expor com a moirama! Se puseres Leonel Moura, e outros craques de igual, damos uma dúzia aos mouros...

D. Joaquim Carita: E?...

D. João José: Resolvemos o caso da ocupação dos celeiros do arroz!

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 15:53, Anonymous João Pedro Amante said...

Estive a ponderar durante algum tempo, se um comentário assinado por "AILHADO DO BUGALHEIURA" mereceria algum tipo de atenção.

Sem entrar em pormenores, correndo o risco de ser tão ou mais decadente que o cidadão atrás identificado, optei por limitar-me em esclarecer o sr. de que:
- as pessoas visadas no comentário, nada têm a ver com este blog;
- o uso que faço dele, enquanto leitor assíduo, só a mim me diz respeito;
- como democrata que sou, respeito a decisão maioritária do povo da minha terra, na eleição livre dos orgãos autárquicos do meu concelho, mesmo que essa escolha não corresponda aquela que eu pretenderia, por não concordar com a gestão política seguida (e não estou, fique certo disso);
- participo activamente na vida política do meu concelho, pelo que não necessito de me escudar em anonimatos;
- se o Sr. tiver a humildade para comparecer nas reuniões da CMPS, constatará que muitos dos assuntos são votados por unanimidade;
- se há processos em tribunal, investigações judiciais, ou inspecções à Câmara, isso não é culpa dos "amantes" ou dos "comunistas" ou de outros cidadãos comuns. Naturalmente, a culpa dos erros de gestão é de quem está a gerir a CMPS. Prova-se entretanto que o sistema funciona. Lentamente, mas funciona.

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 17:47, Anonymous Maria João A. said...

Mais uma vez se vê a educação da pessoas.
O comentário aquí postado pelo Arquitecto João Pedro Amante é a prova disso.
A educação acima de tudo, a democracia e a liberdade como lema de participação activa na causa pública.
É assim que os homens bons trabalham.
Filho de gente educada e de democratas só poderia ser assim.
Conheço mal, conheço melhor o Pai o Engº.José Amante, as várias vezes que solicitei ser recebido por ele enquanto presidente do município de Ponte de Sôr, sempre o fui e tratada com toda a simpatia e educação.
O mesmo já não posso dizer do actual presidente Dr.Pinto, um mal criado e antipático.
Rendo pois aquí ao Senhor Arquitecto João Pedro Amante e ao Senhor Engenheiro José Amante a minha homenagem de cidadã que aprendeu a amar a liberdade e a democracia e acima de tudo a educação.
Obrigado aos dois pelo seu contributo na defesa da democracia, da liberdade e da causa pública.

 
At 20 de fevereiro de 2006 às 22:19, Anonymous Anónimo said...

Confesso que já não vinha ao lixo, há algum tempo. E logo hoje que cá venho, o que leio. O filho do canalha, mais um amigo ou talvez novamente o filho do canalha, a defender e enaltecer o seu bom nome. Fica-lhe bem meu amigo! Mas, deixe-me que lhe diga. Nesta cidade pior que vocês só os Nés. E mesmo assim deixam-me algumas dúvidas?! Do mais velho já muito se disse e se escreveu. Do mais novo, pelo que leio e para onde escreve, não deve ir muito longe. Isto aqui não é Avis!
Os sobreiros minguaram e os carvalhos cresceram...
Amigo

 
At 21 de fevereiro de 2006 às 10:43, Anonymous João Antunes said...

Senhor anónimo que escreveste isto:
...«Confesso que já não vinha ao lixo, há algum tempo...»
É lixo mas vens cá fazes a leitura e comentas.
Pelo tipo de linguagem todos te conhecemos.
Vai b... m...

 
At 21 de fevereiro de 2006 às 16:06, Anonymous Maria João A. said...

Caro Anonymous da Segunda-feira, Fevereiro 20, 2006 10:19:29 PM:

Sabes não te devo nada, nunca negociei nada contigo, por isso não te admito as baboseiras que aqui escreveste.
Sabes a educação não se compra no "modelo", nasce com as pessoas e adquire-se ao longo da vida.
Quanto às baboseiras que escreveste sobre mim, deves estar-te a referir à tua santa mãe.
Não andamos na mesma escola, nem na mesma universidade, por isso somos muito diferentes, deves pensar no assunto.

 
At 21 de fevereiro de 2006 às 16:52, Anonymous Anónimo said...

Ó socialista mal educado!
Por acaso tem alguma coisa a apontar relativamente à conduta do Arqº João Pedro ou é só o facto de militar na CDU?
Se o incomoda a linguagem excessiva, (muitas vezes é certo) porque não se incomoda minimamente, porque não se interroga sobre o fundamento da(s) noticia(s)? Informe lá quais são aquelas que recentemente aqui foram publicadas e que no seu entender são uma farsa ou absurdas?
Agradecíamos o esclarecimento mínimo

 

Enviar um comentário

<< Home