quarta-feira, 7 de setembro de 2005

EU SABIA



Aquela coisa da empresa na hora não podia ser uma ideia original.


Configuration of pre-packed Gibraltar non-resident companyThis new product is created especially for those customers requiring an immediate delivery of their Gibraltar offshore company and eliminates the entire registration and legalization procedures. Customers requiring their offshore company on an urgent basis will therefore greatly benefit from this new product, which will become effective as from now, enabling savings on additional expiated registration and legalization fees.The price for all-inclusive pre-packed Gibraltar non-resident company is only GBP 1150.



Irreflexões

3 Comments:

At 7 de setembro de 2005 às 13:44, Anonymous Anónimo said...

Realmente é preciso cuidado com a caça às bruxas, e, bruxos!
Por outro lado, neste último post parece-me particularmente irónica a palavra "expiated", que me faz lembrar os que (bruxos?) inventam e geram pecados e respectivas expiações! Ou será que já os(as) não há?

 
At 7 de setembro de 2005 às 13:49, Anonymous Anónimo said...

Não queria dizer geram mas gerem...

 
At 7 de setembro de 2005 às 14:44, Anonymous Fernando Sobral said...

José Sócrates vai ver uma implosão. É uma atitude normal. Espera-se que daí não tire ideias sobre a forma como deve tratar o país. Só que, nos últimos tempos, o Governo tem actuado como se este país pudesse continuar à espera das reformas estruturais de que necessita. Tudo é tratado pela superfície
Arranham-se as questões mas evita-se colocar a mão no meio das piranhas que são os problemas. Sócrates está a demonstrar que tem voz grossa mas que o estilo da governação é fino. Não é nada que fuja ao hábito nacional. Entrada de leão, fuga de hiena. Sócrates acredita que é o Dorian Gray de Oscar Wilde: o problema é que se quando se olha ao espelho não fica mais velho, os portugueses começam a acreditar que já passaram dolorosas décadas de governação.

Veja-se o exemplo da educação. O Governo vai dar estabilidade à carreira docente. É uma boa ideia que, não sendo original, pode passar como um golpe de génio. Por outro lado prepara-se para fechar inúmeras escolas no interior do país. Porque não são rentáveis: um professor para cinco alunos é um gasto enorme de dinheiro. É, efectivamente.

Está revelado o segredo da razão porque Sócrates apoia Soares. Este diz que a economia está ao serviço das pessoas. Sócrates considera que as pessoas estão ao serviço da economia

 

Enviar um comentário

<< Home