segunda-feira, 13 de março de 2006

MAIS UMA PONTA DO VASTO ICEBERGUE: [parte V]




In: Jornal Diário de Notícias,
Última Página
Sexta-feira,
dia 10 de Março de 2006

15 Comments:

At 13 de março de 2006 às 13:13, Anonymous Anónimo said...

Essa cambada que passa a vida a denegrir a imagem do Sr Presidente, desta vez vai ter que enrolar o estojo.
Ao longo dos doze anos que o Sr. Dr leva como presidente, já mostrou a todos a sua verdadeira competência. Desta vez conseguiu definitivamente colocar Ponte de Sôr no mapa, já conseguimos olhar de frente os cidadãos de Gondomar, Oeiras e outras localidades, sem motivos de vergonha. Com as capacidades demonstradas pelo Sr. Dr. em breve passaremos á frente desses amadores.
Áqueles que O criticam, pensem bem e vejam se algum dos presidentes que O antecederam, conseguiram que Ponte de Sôr, tivesse um lugar de destaque a nível nacional, nem que fosse nas últimas páginas de um jornal nacional.
Em breve chegaremos á primeira página.

 
At 13 de março de 2006 às 14:40, Anonymous J. Francisco S.H.Mendes said...

Coitadinhos deles!
Isto está a ficar negro para os Senhores do PS de Ponte de Sôr.
Coitadinhos, são umas vítimas das suas próprias vgarices.

 
At 13 de março de 2006 às 14:50, Anonymous Xico F. said...

No “melhor” pano cai a nódoa!
Pois é, Taveira Pinto e a sua gestão, mais uma das muitas Câmaras Municipais dirigidas por socialistas a contas com a Justiça.
Abílio Curto, passa férias na prisão, foi o primeiro.
José Luis Judas, Fátima Felgueiras, etc, todos autarcas do Partido Socialistas, todos modelos a seguir, todos a contas com a justiça.

 
At 13 de março de 2006 às 15:06, Anonymous Pedro Ferreira said...

Deixemo-nos de cobardices, de conversas enroladas, de cinismos e de azedumes.
Este é o momento!
Ainda que seja imenso o que tem de ser feito, agora é possível!
Ponte de Sôr pode superar a sua verdadeira crise, que é a crise da inconsequência, a frustração da inoperância, a lentidão, travagem da mudança e a corrupção destes senhores.
Basta querer!

 
At 13 de março de 2006 às 15:28, Anonymous Z. T. said...

Lá vem a Nau Catrineta
que tem muito que contar
esta nau, disse o poeta,
Portugal a navegar,
D. Nuno a mandou zarpar
p'ra uma nova demanda
e é D. João José quem comanda
a barquinha em alto-mar
da Odisseia sem par
dos loucos navegadores
ouvi agora senhores
uma estória de pasmar

Estava a Nau engalanada
festões, flores e lacinhos
trique-traques e estalinhos
não estava faltando nada
banda e música afinada
copos, pratos e talheres
dos tenentes aos alferes
dos cabos à marujada
dos porões à amurada
o cheiro a festa no ar
puseram uma vaca a'ssar
e dez leitões da bairrada

A nobreza e o clero Socialistas
vinham prestar mordomia
a D. João José "O Corrupto"
que ao trono da Nau subia
quanto à ralé, só queria
era farra, vinho e pão
carne de vaca e leitão
coisas que ela não comia
há bué, Virgem Maria!...
já que aquilo que ganhava
mal p'ra pão e água dava
no penar dia-a-dia

D. João José, o rei “O Corrupto”
está a ser investigado pela Polícia Judiciária
acto vulgar e estafado
a que já ninguém ligava
nem tão pouco se importava
sendo coisa tão banal
houvera besta animal
que não tivesse contas a prestar ?
por estar tão vulgarizado
até a'nedota correra
que o medalheiro morrera
completamente estafado

Fraco e avesso à glória
deste rei pouco ficou
dos fracos não reza a história
alguém um dia afirmou
se em algo se destacou
foi no caso de água contaminada
aí sim a água ficou muito inquinada
em tudo o resto falhou
Ah! a malta também gostou
da sua face humanista
e das lágrimas que à vista
de toda a gente soltou

...
É saloio, ponto assente
campónio feito doutor
sem ofensa ou desprimor
para essa honrada gente
que luta galhardamente
pelo pão do dia-a-dia
"campónio" entre aspas, diria
que é muito mais concludente
assim sendo vou em frente
falando deste bugalheira
que me causa um arrepio
sempre que passa à tangente

No mau gosto é bem casado
vêde a Isabel
p'ra ela azul e encarnado
serão cores em sintonia
quanto aos sapatos dizia:
"Quero-os azuis, côr de mar
ficam-me bem, a matar
como à Isabel II"
desta "campónia" beirã
uns dizem que no passado
o seu marido malvado
lhe dava um estalo por dia

Foram morar para a Barroqueira
zona fina e com IMI barato
Marginal virou passado
rei e raínha estão bem
é em palácio murado
mas estou preocupado
sabem vocês com o quê?
com as varandas, já se vê
esperai só mais um bocado
aposto já foi chamado
o bom mestre serralheiro
para as fechar por inteiro
de alumínio anodizado

 
At 13 de março de 2006 às 16:18, Anonymous Anónimo said...

MAIS UM TIRO NO CENTRO DO ALVO:

«


Água do concelho: Contra análise já saiu

Já são conhecidos os resultados da contra análise à água do concelho. Recorde-se que um estudo do Instituto de Águas e Resíduos revelou um índice elevado de arsénio na água no ano de 2004 e apontava mesmo que algumas localidades do concelho estavam na lista negra Nacional (ver edição n.º 1301 de Ecos do Sor). A contra análise indicou que apenas o furo que abastecia as populações de Torre das Vargens, Vale de Açor e Vale do Bispo Fundeiro apresentava valores de arsénio, e, sabe-se agora, também de alumínio, acima do estipulado. Num comunicado enviado ontem, dia 20 de Fevereiro, à nossa Redacção o Delegado de Saúde e a Câmara Municipal de Ponte de Sor alertam mesmo as populações de Torre das Vargens, Vale do Bispo Fundeiro, Vale de Açor e de Vale de Boi a não consumirem água da rede, devido à concentração de alumínio. Centro de Saúde e autarquia continuam empenhados em descobrir qual a origem do problema da má qualidade da água. Para tal, contactaram uma equipa do Instituto Superior Técnico. “É uma equipa que merece a nossa confiança. Fizemos recolhas para saber do que se trata e se os pesticidas têm algo a ver com a má qualidade que o estudo de 2004 revelou”, disse ao nosso jornal Paula Campos Delegado de Saúde de Ponte de Sor.»
In:ECOS DO SOR,1303

 
At 13 de março de 2006 às 17:42, Anonymous Incendiário said...

O Diário de Noticias está feito com os comunas.
Vamos comprar todos os jornais que conseguirmos e queimá-los para mais ninguém poder ler estas notícias.

 
At 13 de março de 2006 às 18:30, Anonymous Anónimo said...

Caro "Incendiário", já ninguém mais travará a avalanche de lama que você tamem ajudou a criar...

Penso que agora já começo a perceber o célebre discurso do Taveira Pinto sobre o "alto da montanha" e da gente "feia, pequenina e má". É realmente sobre ele e a escumalha que o rodeia!

 
At 13 de março de 2006 às 23:55, Anonymous Anónimo said...

Vim ter a este blog por puro acaso, qd procurava outras coisas na net, sobre P.Sor. Tendo nascido em P. Sor, observo agora à distancia o que aí se vai passando.
Meus amigos conterrâneos, deixem-me que vos diga: tirando os contributos sérios e bem elaborados que também por aqui se encontram, a maior parte transmite uma ideia pavorosa das gentes de P. Sor: ódios de estimação, partidite aguda, maldicência pura com as bandeiras partidárias a tapar os olhos, a secar neurónios e, pior que tudo, a emporcalhar o nome da NOSSA TERRA.
Ao destacarem e discutirem apenas as imundícies partidárias, obrigam a desviar o olhar das coisas boas que a NOSSA TERRA tem conseguido e que nos devem orgulhar. E se têm sido conseguidas sob a égide deste ou daquele partido ou se outros almejam dar também o seu contributo, a verdade é que É DE PONTE DE SOR E DE TODOS OS PONTESSORENSES.
Insultos, baixo nível, palavrões, para quê? O verdadeiro Alentejano sabe distinguir entre uma conversa com os seus amigos e quando está outra pessoa, porventura desconhecida: no 1º caso, fala à vontade; no 2º, sabe escolher as palavras. Não ofende. Mas luta pelo apuramento da verdade. Não insulta, mas também não gosta que lhe façam o ninho atrás da orelha...
Argumenta com sagacidade e inteligência, é irónico e tem humor.
POR FAVOR, NÃO TRANSMITAM UMA IMAGEM ERRADA DO QUE É P. SOR.
Se assim for, terei muito gosto em continuar a passar por cá!
Caso contrário, fiquem a falar sozinhos, que há quem não se reveja nessa imagem.
Obrigado.

 
At 14 de março de 2006 às 10:26, Anonymous Luisa Amaro said...

Se ouvires bater à tua porta
E ao abri-la encontrares
Palavras que te esperavam.
Se mesmo depois de pisadas
Se levantarem e te seguirem
Se te envolverem como nuvem
E te cegarem como fumo
Se te queimarem como fogo
E te morderem como cães.
São minhas!
Fui eu que as gritei ao vento
Fui eu que as soltei nas ruas
Fui eu que as mandei procurar
Os sítios onde te guardas
Fui eu que as mandei perguntar
Às sombras pela tua sombra
Aos bichos pelo teu cheiro
Aos homens pelos teus sinais.
Foram elas que te escreveram
Nas paredes das cidades
Foram elas que te descreveram
A todos os que passavam
E procuraram em todos os olhos
Vestígios do teu olhar
E cheiraram as mulheres
Para encontrarem o teu cheiro
E nos seus braços os abraços
Com que o teu corpo as prendeu.
Até chegarem à tua porta
E baterem nos teus ouvidos
E morderem a tua boca
E calarem a tua língua
E rasgarem o teu corpo
E me arrancarem de ti.
E retornarão tranquilas
A mim, as minhas palavras
E serei de mim completa
E serão de mim de novo
Todas elas e mais uma
A palavra liberdade.

 
At 14 de março de 2006 às 15:37, Anonymous Anónimo said...

"La Mafia è essenzialmente espressione di un bisogno di Ordine e quindi di Stato".

Giovanni Falcone

 
At 14 de março de 2006 às 15:43, Anonymous Anónimo said...

Caros Concidadãos Pontessorenses

O que se está a passar no municipio de todos nós, passou-se há uns anos aquí em Itália, aconselho pois a leitura do seguinte livro:«Cose di Cosa Nostra» do Juiz Italiano morto pela Máfia Giovanni Falcone.

 
At 15 de março de 2006 às 22:18, Anonymous Anónimo said...

Desculpem, mas isto é ridiculo. Então o Instituto Superior Técnico, precisa alguma vez da confiança do Delegado de Saude? Nós é que precisávamos de ter confiança nele e nas instituições que nos governam. E onde é que ela está? alguem ainda acredita?

 
At 4 de julho de 2006 às 20:56, Anonymous Anónimo said...

P.S. ......PARTIDO DA SUBVVERSÃOOU PARTIDO SUBVERSSIVO

 
At 4 de julho de 2006 às 20:57, Anonymous Anónimo said...

P.S. ......PARTIDO DA SUBVVERSÃOOU PARTIDO SUBVERSSIVO

 

Enviar um comentário

<< Home