sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

A FUNDAÇÃO DA TRETA, CHULA AS NOSSAS CRIANÇAS...

APESAR DE RECEBER

MILHARES DE EUROS

DOS PONTESSORENSES

TODOS OS MESES

Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008



À DESCOBERTA DO ARTISTA





Cada mês um artista vamos conhecer;
Em Fevereiro sobre Erró vamos aprender.
Na Fundação vem descobrir,
o que o artista tenta transmitir!


OFICINAS DE FIM-DE-SEMANA
Sábado -das 15h às 16h ou das 16h às 17h- 2,5 EUROS (1 hora)
Vem à Fundação inscreve-te e vem participar !!!
público-alvo dos 12 aos 14 anos

Etiquetas: ,

4 Comments:

At 26 de janeiro de 2008 às 14:52, Anonymous Anónimo said...

De facto e de pasmar a desfaçatez destes individuos.
Esta fundaçao d atreta alem d enos comer um dinheirão ainda goza conosco.
Sr Prates e quejandos por favor deixem a scriancinha sda nossa Cidade em paz, o que lhes vao ensinar se ne voces perecem nada de arte,ja me desloquei a tal dita fundaçao e qualquer explicaçao que se solicite ninguem conhece minimamente a tralha que la esta.
porque o tal dito espolio alem de varias obras menores de alguns artistas sem expressao no meio serve para vender a tralha do tal embuste das serigrafias e garrafas de vinho em que nem as colheitas se aproveitam e so servem para os patos bravos endinheirados pendurarem nas paredes a pensarem que tem investimento em arte.
Agora fazerem quererem ganhar dinheiro com a scrianças que coitadas tem de supurtar as tretas pseudo obras de arte?
Sr Presidente se quer mesmo ensinar arte e cultura as crianças, feche aquela porcaria e abra um abiblioteca com multimedia, boas coleccoes de livros, actividades dadas por quem sabe(por favor a tal ilumindada pseudo intelectual (SrLigia) nao).
Invista nas escolas do concelho em vez d epavilhoes que nao sao necessarios e sao infraestruturas completamente desfazadas para a cidade.

 
At 1 de fevereiro de 2008 às 00:35, Anonymous Anónimo said...

Realmente certos pontesorenses não merecem o pouco que têm.O do comentário acima é um deles.

 
At 2 de fevereiro de 2008 às 12:59, Anonymous Mário Silva Lopes said...

Será caro anónimo?
Ou por acaso o 1º comentador diz a verdade?
Que a si lhe faz muita confusão na sua pobre e (cheia de serradura e de caricas de cerveja) da sua pobre cabeça!
Quanto recebe a Fundação António Prates mensalmente do município de Ponte de Sôr?
Quem paga as mordomias à incopetente da sua secretária geral?
Quantos visitantes teve a dita fundação até ao dia de hoje?
Será que os custos justificam estar aberta assim?
Seja sério!
Responda a estas simples questões...

 
At 2 de fevereiro de 2008 às 13:26, Anonymous Anónimo said...

O anonimo que que diz que os Pontessorenses nao merecem o que tem, das duas uma ou esra a brincar ou e assalariado da tal fundaçao..
Ja la foi viista-la eu fui e alem de neinguem la dentro me saber explicar a representatividade das obras, o que para mei entendedor nao e necessario pq d efacto aquilo e um amontoado sem croterio nem estetico nem elucidativo dos pereiodos dos autores, ja agora por alqguma razao a coleccao Cachola em Elvas tem patrovcinios empresariais enquanto a do Prates e si sugar Euros ao erario publico, vistitantes nem falo.
Mas senhor anonimo era preferivel um abiblioteca em condeçoes e gerida por quem sabe, nao por cunhas de pseudo cultos, porque se ha dinheiro para para io sr Prates estragar, esse seria para pagar a u, bibliotecario susta menso que o que o sr Prates leva mensalmente,

 

Enviar um comentário

<< Home