quinta-feira, 8 de março de 2007

PONTE DE LINHAS ERÓTICAS


Estalou a bomba na pacata cidade alentejana de Ponte de Sôr – ali ao lado da muito in e chiquérrima repleta de queridas “tias” barragem de Montargil -, situada no distrito de Portalegre, a propósito de uma notícia segundo a qual (alguns) funcionários da Câmara Municipal local, Então Vá, passaram o tempo entregues ao prazeres das tentações das linhas eróticas.

Ora bem, de acordo com notícias vindas a público – de que a imprensa fez luxuriante eco – o presidente do município daquela cidade alentejana, o socialista João José Taveira Pinto, autorizou o pagamento de facturas da Portugal Telecom, Então Vá, referentes a chamadas de valor acrescentado para números eróticos, no valor de milhares de euros.

Ainda segundo as mesmas informações, Então Vá, tão palpitante assunto – o qual foi levantado por vereadores de oposição – está já a ser investigado pela inspecção geral da administração do território (IGAT), tendo motivado a deslocação de vários agentes da polícia judiciária às instalações da Câmara Municipal de Ponte de Sôr para analisar e fotocopiar documentação.

Taveira Pinto, por seu turno, afiançou desconhecer tal proibitiva matéria – e que matéria! -, proclamando-se de consciência tranquila, muito embora os vereadores de oposição que levantaram as mencionadas noticiazinhas, Então Vá, assegurem que algumas das tentadoras chamadas foram efectuadas do “gabinete do presidente, ao qual só ele ou pessoas da sua confiança tinham acesso”.

“Oi, daqui fala a Cátia, tenho um corpo gostoso, sabia?” -,Então Vá, pois, quem é que consegue resistir à tentação de morder a maçã pecaminosa, especialmente quando se trata de funcionários públicos, cuja vidinha, mais do que outra coisa, deve ser chata como a potassa.

Mais alentejo
70 / Março 2007

Etiquetas: ,

17 Comments:

At 8 de março de 2007 às 15:54, Anonymous Anónimo said...

Peço um favor a todos os pontessorenses.
Leiam por favor o último comunicado do Dr. Taveira Pinto.
Pago por todos nós, com insinuações gratuitas, a acusar tudo e todos e sem mostrar as ditas facturas.

Existem ou não existem?

Quem se dá ao luxo de escrever o que o actual presidente da câmara escreveu é capaz de tudo o que nos possa passar pela nossa iamginação.

Um momento de relexão nunca fez mal a ninguém.

 
At 8 de março de 2007 às 16:03, Anonymous Anónimo said...

Ontem fiquei estupefacto com a carta que o presidente da câmara, dr. taveira pinto, enviou aos munícipes.Um ser de inteligência invulgar, senão como é que explicamos que seja possível ter imaginação para escrever tanta bacorada junta.A referida carta podia ter tido como titulo "Debitei loucuras o mais que pude".
Quem é que o sr. pensa que é para emitir aquele tipo de comunicado?
Ainda por cima não trata as pessoas pelos nomes, medo de acções judiciais por difamação???
Para quem alega ser tão corajoso. Como o próprio já disse dezenas de vezes em comunicados semelhantes: "se têm provas que as apresentem", ou afinal o sr. não sabe do está a falar?
ou não tem a coragem para efectuar denuncias como os seus alegados opositores a têm?
É que esses têm a coragem para referir nomes e factos ao contrario do sr. presidente corajoso. Estranho também que só após a junta de freguesia ter mudado de côr partidária tenham começado a aparecer novos projectos e investidores, será que a anterior junta impedia o desenvolvimento da sua freguesia?
Não me parece.
Já agora em relação ás facturas, que o sr. diz que só assina, será que as facturas vêm sem sem cabeçalho ou identificação?

P.S. não vou pedir desculpa por o nome do sr. presidente estar em minúsculas, é que foi de propósito.

 
At 8 de março de 2007 às 19:09, Anonymous Anónimo said...

Seo pinto se afirma inocente porke nao fotocopia e dá a conhecer essas facturas. se é mentira...

 
At 8 de março de 2007 às 21:12, Anonymous Anónimo said...

O comunicado é uma charada que serve apenas para confimar que não se trata das facturas de há anos. É pena que não sejam assumidas pela presidência e que não haja resposabilização de quem as fez. É vergonhoso. As facturas dos telefones são independentes e não surgem todas ao monte como é tentado passar na mensagem, pelo que se sabe de que telefones se trata.

 
At 9 de março de 2007 às 01:02, Anonymous Anónimo said...

o q o pinto fazia mt bem era d 1a vez por todas dizer qm as fez e acabar com historias destas q gostam mt d agarrar a jornalistas famintos

 
At 9 de março de 2007 às 10:32, Anonymous Anónimo said...

o pinto já era motivo de chacota por causa do prates e respectiva fundação. depois com a história do aeroporto e agora o episodio das chamadas de valor acrescentado. devia ter vergonha. da próxima vez que me cruzar com ele vá ele de carro ou a pé. vou desatar a rir e pensar: pobre socialista, quiseste voar e foi tarde que reparaste que tinhas asa curta.

 
At 9 de março de 2007 às 13:13, Anonymous Anónimo said...

e os senhores do PCP são motivo de chacota cada vez que abrem a boca, por todos os pontessorenses. Vejo as reacçoes das pessoas e toda a gente diz coisas do tipo: "ninguem liga a esses gajos do PCP"; "esse Zé Amante e o filho, que ainda é mais parvo, têm os dias contados e nao veem as figuras ridiculas que fazem sem que alguem lhes ligua alguma"

 
At 9 de março de 2007 às 13:46, Anonymous Anónimo said...

o post anterior é mesmo ao lado.

 
At 9 de março de 2007 às 13:52, Anonymous Anónimo said...

quem é que disse que na ponte de sor não havia nada para interter o pessoal enganou-se porque a partir de agora se quisermos diversão vamos as reuniões da camara do sr pinto, porque ele é um verdadeiro artista com bigode e tudo... qual quim barreiros. não percam a próxima reunião.

 
At 9 de março de 2007 às 14:50, Anonymous Anónimo said...

boa ideia! Pelo que pessoal que trabalha na camara as reunioes com o sr presidente sõ um grande regabofe

 
At 9 de março de 2007 às 19:08, Anonymous Anónimo said...

estes 3 ultimos jovens, está à vista que sao uma unica pessoa, mas enfim, estes vigaristas do PCP são assim. Começar a correr com voces todos ao balazio. Cambada de parasitas. Joao Pedro Amante seu Arquitecto incompetente por isso é que andas tao empenhado em levar a cabo esta cabala contra o Pinto que o teu papa nunca foi capaz de concretizar. Ainda têm de aparecer muitas geraçoes Amante para derrubar o Taveira Pinto. Espero que com o pedro Amante se finde o clã tónhó de Amantes porque nao fazem cá falta alguma

 
At 9 de março de 2007 às 19:09, Anonymous Carlos G H Videira said...

É inqualificável o que este presidente faz, cada vez mais me convenço que o está desequilibrado mentalmente.

Com estes comunicados envergonha os munícipes que infelizmente representa neste concelho, as pessoas de fora, perguntam-me! Quem é este Presidente de Câmara.

Sr. Presidente, faça-nos um favor! Vá aprender a redigir documentos, o Sr. é uma nulidade em linguagem escrita. Escreve como fala, não sabe distinguir, linguagem falada de linguagem escrita, tenha pudor de si mesmo.

Além de querer justificar o injustificável não sabe fazer com dignidade e o respeito que os munícipes e sobretudo os funcionários da Câmara lhe merecem!

Com este comunicado, o Sr. presidente levanta a suspeição que qualquer um e todos os funcionários que tenham acesso aos do nº de telefone que refere podiam ter efectuado as ditas chamadas. Isto é uma acusação muito grave, que envolve muitas pessoas.

Srs funcionários da CMPSR, penso que é chegada a hora, de pedirem responsabilidade ao presidente para clarificar toda a polémica, ele não tem o direito do vos envolver directamente levantando uma suspeição geral, é ilegal, é eticamente e moralmente reprovável.

Já que, no comunicado admite que as houve, então esclareça imediatamente qual foi a sua origem.

Não tenhais medo caramba! Juntem-se e vão falar com o homem, não sejais cobardes!

 
At 9 de março de 2007 às 19:50, Anonymous José Martins said...

Chega-me mais uma notícia de suspeita de corrupção e relativa ao presidente da câmara de Ponte de Sôr, se entreter a esbanjar os "dinheiritos" destinados ao orçamento de funcionamento da câmara em linhas eróticas!

Esta é de cabo de esquadra!

Um presidente a necessitar de tratamento psiquiátro dado às suas frustações, sexuais, virtuais.

O presidente de nome Taveira tem sorte de viver numa sociedade democrática porque se este caso acontecesse na idade média o Taveira, estaria sujeito a ser entalado pelo pescoço numa porta e o capador dos cães lá do sítio castrá-lo.

Ponto final!

O Taveira capado seria um autarca porreirinho, perdia a tara usar o telefone, que não foi destinado e estar disponível ao presidente e do outro lado da linha ouvir uma gravação com uma voz feminina.

O que acontece é que os jornalistas (sempre estes tipos a meterem o "bedelho" em tudo), contactaram o Taveira e este não está disponível para prestar declarações e só as fará depois do dia 27 de Fevereiro.

Pudera! Se pudera!!!

O assunto é demasiado melindroso e grave por ter usado o telefone da câmara (pagas as chamadas pelo contribuinte) para dar a alegria às suas fantasias eróticas.

Mas o caso do Taveira (não é o arquitecto) não é isolado!

Há mais suspeitas de casos semelhantes em instituições públicas e autarcas do meu país.
Em 1997 um José Sanches, na altura presidente da junta de Freguesia do Rochoso, Guarda, teve que dar às vila-de-Diogo, abandonando o cargo, depois de ter aparecido uma factura de 49 mil euros de chamadas eróticas.

Bem feito, bem feito!

Foram-lhe penhorados três terrenos para pagar a dívida...
O Sanches livrou-se de ser capado (se vigorasse Lei da Idade Média) e lá ficou, com os testículos e mais as vergonhas todas pelo facto de ter sido um frustado nestas coisas do sexo.

Estamos, assim, sujeitos a pagar as "maluquices" de uns "gajos" que quando se candidatam a um lugar para servirem o público, em vez de o fazerem, passam o tempo a usar os dinheiros públicos para darem largas às suas "doidices" virtuais!

Onde estão os paus de marmeleiro e de lódão em Portugal?

Secaram?

Não secaram nada...

Há por lá muitos, rastiços, para darem umas, valentes "lambadas" no costelado de uns gajos que usam a propriedade do Estado para "doidices" eróticas e sujas.

 
At 9 de março de 2007 às 19:52, Anonymous Vítor Amado said...

A corrupção autárquica

O poder autárquico desempenhou e continua a desempenhar papel importante na vida política portuguesa. Num país com forte tradição municipalista, conseguiu suprir, ao longo das últimas décadas, necessidades básicas das populações, esquecidas durante anos e anos pelo poder central. Apesar disso, instituiu, muitas vezes, um caciquismo reprovável e uma teia de poderes paralelos e compadrios que minam a sua credibilidade e são um contínuo desperdício de dinheiros públicos.
Entre muitos outros casos, estes dois exemplos comprovam o que acabei de afirmar.

*
A Câmara Municipal de Ponte de Sor está a ser alvo de um inquérito do Ministério Público. O motivo é o pagamento de milhares de euros gastos em chamadas para linhas eróticas, feitas a partir de um telefone de apoio à presidência da própria Câmara. Não será dificuldade maior encontrar o responsável…Será o município ressarcido do dinheiro gasto? Ou a culpa morrerá solteira, como é costume neste País de merceeiros?

 
At 10 de março de 2007 às 10:58, Anonymous Anónimo said...

tem piada, que todos os comentários que se fazem neste espaço a favor da verdade são logo apelidados de comunistas. estão ponte sor é um aterra só de comunistas. tenham juizo e esclareçam a verdade.o pinto não interessa a ninguém nem ao ps.

 
At 13 de janeiro de 2009 às 19:57, Anonymous kota_3 said...

pa mano, eles só queriam contactar meninas pq nao sao felizes mano... enfim es um fascista...

 
At 13 de janeiro de 2009 às 19:57, Anonymous kota_3000 said...

pa mano, eles só queriam contactar meninas pq nao sao felizes mano... enfim es um fascista...

 

Enviar um comentário

<< Home