domingo, 23 de janeiro de 2011

PONTE DE SOR GANHOU CAVACO SILVA



CAVACO SILVA = 2354 Votos, 36,79%

MANUEL ALEGRE = 1642 votos, 25,66%

FRANCISCO LOPES = 1275 votos, 19,39%

FERNANDO NOBRE = 793 votos, 12,39%

JOSÉ MANUEL COELHO = 243 votos, 3,8%

DEFENSOR DE MOURA = 91 votos, 1,42%

BRANCOS = 279 votos, 4,12%

NULOS = 91 votos, 1,42%

VOTANTES = 6777 votantes, 44,46%

INSCRITOS = 15244 Eleitores

Etiquetas: , ,

31 Comments:

At 23 de janeiro de 2011 às 23:55, Anonymous Manuel said...

Em quantos concelhos ganhou o idiota Alegre?
Não contente em ter sido o principal responsável pela primeira eleição do cavaco ao ter dividido a esquerda, agora andou a ser moço de recados do francisco anacleto e... o resultado está à vista.

 
At 24 de janeiro de 2011 às 12:32, Anonymous Anónimo said...

Ainda há muito Xuxialista convicto, aí nessa terra.

 
At 24 de janeiro de 2011 às 13:28, Anonymous Anónimo said...

É altura do PSD local tocar a rebate e colocar os chuchalistas fora do concelho.

 
At 24 de janeiro de 2011 às 15:24, Anonymous Anónimo said...

Chamem o "limpa chaminés" que está em Abrantes, para cãodidato à Câmara de Ponte de Sor.

 
At 24 de janeiro de 2011 às 16:47, Anonymous Anónimo said...

Será que os bugaheiras votaram no Manuel?

 
At 24 de janeiro de 2011 às 16:48, Anonymous Anónimo said...

Só esse? Há mais... muitos mais. Era vê-los aí a pedir votos para o Cavaco, até davam dó. Como é que gente daquela (Doutores e Engenheiros) se sujeita a coisas destas... Andar a pedir ao povo!...

 
At 24 de janeiro de 2011 às 19:37, Anonymous L.Carvalho said...

A vitória de Cavaco Silva revela o país que temos. Um povo medroso, acomodado, sentado à espera de um protector, de um moralista, de alguém que possa ser um guarda-chuva na hora do temporal.
Não foi só o Zé povindo que assim pensou. Já antes, muitos dos gestores, empresários e intelectuais tinham corrido para perto de Cavaco como os pastorinhos correram para a azinheira de Fátima. A malta quer um protector. Alguém que não faça nada, que garanta o certo, o mínimo garantido. A mediocridade.

Não interessam os factos. Interessam os argumentos. Cavaco foi protagonista nos últimos 25 anos na política portuguesa. O país está de rastos. Mas o paupérrimo governante Cavaco não tem culpa nenhuma neste cartório. O mal são os outros. O bem é ele. É sério, simpático, tem uma família, a mulher sorri a todos à volta, diz piadas e dá esmola. Ele não é político e não se mete nas intrigas partidárias. É sério. Abandonou a política, quando o cavaquismo estava no lamaçal. Ninguém se lembra. Ds cargas policiais, do buzinão, do Carnaval sem feriado. Chamavam-lhe o Acabado Silva. Fez de morto. Ao fim de 10 anos começou a mexer. Devagar. Davagarinho voltou a ressuscitar, como um D. Sebastião saído de um nevoeiro, pronto a salvar a Pátria. Ganhou a eleição para Presidente, depois de a ter perdido para Jorge Sampaio.
O Povo esqueceu tanto os anos do Cavaco governante que nem precisou de lhe perdoar a política do alcatrão, a arrogância, o desprezo social, principalmente a geração de bastardos políticos que deram origem a monstros como o BPN e muitas outras empresas que ajudaram a levar à ruína o país que somos hoje.

Mais: o tal impoluto, o homem sério, o paupérrimo professor de finanças, acabou por ganhar 140% de acções numa operação de especulação organizada pelos metralhas do BPN, um deles seu conselheiro de Estado, outro ligado a uma empresa que afinal andou a trocar casas de férias para ricos, sem pagamentos de sizas e sem licenças que deveriam ter sido emitidas.

Mas o povo não quer saber e até tem raiva a quem quer saber.

Vota-se contra alguém e não a favor de ninguém. O pagode está chateado e acha que será ainda o último manequim da Rua dos Faqueiros armado em político que lhe vai devolver a esperança das gerações perdidas. Não é acreditar no Pai Natal. É acreditar no maior bluff de que há memória em Portugal. Os portugueses votaram no cinzentismo, no passado e no revanchismo da direita ultra-liberal.

Os portugueses fizeram mais pelos poderosos, pelo capital selvagem, pela geração do BPN, do que o próprio Cavaco já fez em 20 anos de poder.

Agora só falta entrar o Passos Coelho e o rapaz Portas e começar a estucada final na sociedade que quisémos com o 25 de Abril: um Estado Social, protecção no emprego, escola pública e saúde pública.

Está na hora de emigrar ou de resistir à barbárie.

 
At 24 de janeiro de 2011 às 21:08, Anonymous Anónimo said...

Eu votei no Pinto!

 
At 24 de janeiro de 2011 às 22:42, Anonymous Anónimo said...

Este ultimo gosta muito de brincar ,gostava de saber se tens tomates sem ser através do blogue,cobarde

 
At 24 de janeiro de 2011 às 23:12, Anonymous Anónimo said...

Não se pode pedir ao dono do blogue para trocar a ordem das fotografias dos candidatos? O Francisco Lopes está depois do dr Nobre e deveria estar antes. Obrigado pela sua atenção.

 
At 24 de janeiro de 2011 às 23:14, Anonymous Anónimo said...

E podia também trocar-se a ordem do dr Moura e do senhor Coelho. Ficava tudo mais de acordo com uma certa lógica.

 
At 24 de janeiro de 2011 às 23:23, Anonymous Anónimo said...

Tenho tomates e dos bons.Se quiseres arranjo-te uns lá da horta apanhadinhos com o saca-rolhas.Queres CROMO DO CARALHO???

 
At 25 de janeiro de 2011 às 17:19, Anonymous TT said...

UM DIA DESTES VAI ANDAR TUDO A BATATADA.... É MUITO FÁCIL CRITICAR! VENHAM É LÁ IDEIAS SÁBIAS, INTELIGENTES PARA NOS AJUDAR A SUPERAR... HABITANTES DE PONTE DE SOR O QUE SABEM DA ORIGEM DESTA TERRA, USOS E COSTUMES? HISTÓRIA... É MELHOR IR BEBER UMAS NÃO É!

 
At 25 de janeiro de 2011 às 18:30, Anonymous Anónimo said...

As ideias, hoje tem de ser bem pagas.
Os historiadores, já à muito que vendem a "estória" à linha.
Votarem neles, agora tem de os gramar.

 
At 26 de janeiro de 2011 às 01:12, Anonymous Anónimo said...

Para o tt: queres saber explico burro

O concelho de Ponte de Sôr possui a área total de 839.230Km2 e uma população de cerca de 20.000 habitantes, sendo constituído por 7 freguesias: Foros de Arrão, Galveias, Longomel, Montargil, Ponte de Sôr, Vale de Açor e Tramaga.
A cidade de Ponte de Sôr é, actualmente, sede de um dos concelhos do distrito de Portalegre. Situa-se na margem direita do rio Sôr e, encontra-se no cruzamento rodoviário entre Lisboa, Beiras e Alentejo. Reza a história que teria existido sobre o rio Sôr, junto à povoação, uma ponte de origem romana e daí o nome de Ponte de Sôr Esta ponte estaria integrada no percurso da 3ª via militar romana de Lisboa a Mérida.
A Ordem de S. Bento reconquista aos mouros os territórios de Ponte de Sôr. Surge então uma disputa entre esta Ordem e a dos Templários, por esta zona estar integrada no património desta última. Acaba por passar definitivamente para o bispo de Évora.
O primeiro foral de Ponte de Sôr foi dado no reinado de D. Sancho I, em 1161, é dado pela Sé de Évora.
No ano de 1438, por haver peste em Évora, o rei D. Duarte, teria vindo para Ponte de Sôr onde, onde para sua segurança e do reino, manda fazer uma cerca, de que ainda restam vestígios.
Ponte de Sôr teve foral novo concedido por D. Manuel I, em 29 de Agosto de 1514.
Quando desapareceu a ponte romana existente devido ao mau tempo o transporte pelo rio era assegurado por uma barca. D. João VI, atendendo aos pedidos da população, mandou construir a ponte actual em 1822/23. Devido ao desenvolvimento da cidade e à grande afluência de trânsito, esta foi alargada no final de 2004.
Foi elevada a cidade em 14 de Agosto de 1985.

Agora queres ideias ? vai perguntar ao Presidente da câmara aonde está o desenvolvimento ou melhor aonde pára os empregos que ele arranjava ou esqueceu-se pode-se ter estádios ,pavilhões de desporto ,escolas ,etc mas se não á emprego temos que abandonar a nossa terra pergunta ou responde sabes o que quero dizer. Não te esueças de dizer aonde está a formação que o centro de emprego prometeu aos desempregados do conselho ou melhor para onde foi o dinheiro que vinha para o centro de emprego quando uma das fabricas fechou se calhar para pagar ordenados aos do centro de emprego para eles estarem a ler o jornal na hora do expediente e depois dizerem que estão com muito trabalho pergunta ao tal senhor que medidas é que ele tomou ou é só comprar bilhetes de avião para a pandilha de corruptos pergunta .

 
At 28 de janeiro de 2011 às 13:55, Anonymous TT said...

o que me disse já eu sei, e a ponte romana é passagem para "alber"... mas pode ser que tenha ajudado muitas pessoas. e ao contrário de alguns não me sinto burro quando me chamam... não tenho problemas de personalidade!!! agradeço o comentário na mesma pois tentou esforçar. em relação ao pinto, não tenho qualquer ligação com o mesmo e tambem não o considero o salvador desta cidade mas dai a dizer que ele é responsável de todo o mal... só mesmo um burro pode afirmar tal coisa.

 
At 28 de janeiro de 2011 às 18:58, Anonymous Anónimo said...

a delphi deu muito dinheiro... quem lá trabalhava(não todos claro)pensava que tinha o rei na barriga, e agora... que é das cunhas para se trabalhar lá?... o dinheiro que vos deram já está empenhado onstrução de em carros novoos??? já sentem a corda?! agora é que é apregoar trabalho para o pinto!!!! Foram vocês dos maiores culpados do nivel de vida da Ponte de Sor!!! quem é que aceitou pagar rios de dinheiro nos terrenos do monte da pinheira, em a partamentos no mesmo sitio, ou no pinhal, e agora junto da GNR !!! os donos pediam vocês aceitavam e os bancos forneceram!!! ( FAÇAM A COMPARAÇÃO COM ABRANTES!!! qual o preço de um t3 LÁ) NÃO TÊM DIREITO PARA ATIRAR TUDO ÁS COSTAS DO PINTO... ATÉ PoORQUE MUITOS DE VÓS JA RONDAM PARA SER SEUS EMPREGADOS!!! sintam a corda!!!

 
At 28 de janeiro de 2011 às 23:11, Anonymous Anónimo said...

pois fica sabendo que eu trabalhei na delphi,já comprei carro novo paguei a casa e ainda tenho um bom dinheiro no banco,quando acabar o desemprego passo á reforma.
não preciso de andar atrás do tonto do pinto para me arranjar trabalho.eu era dos ganhava maís.
para mim foi muito bom a fábrica ter fechado.dos outros maís novos temos pena....

 
At 29 de janeiro de 2011 às 00:15, Anonymous Anónimo said...

Eu trabalhei nessa casa e afirmo só foi bom para meia dúzia de pessoas que acabando o desemprego vão para a reforma,a maioria são pessoas que não têm direito de reforma pois não têm idade .
Se tem a casa paga e dinheiro no banco dou-lhe os parabéns ,eu para ser sincera antes queria o meu ordenado todos os meses pois tenho muitos anos ainda pela frente o dinheiro não dura sempre mas houve algumas pessoas que fizeram para isso não venham com os mesmo argumentos que foi os comunistas que a fecharam todos nós sabemos porque ela fechou o director era um fraco fazia tudo o que os apaniguados queriam então os americanos viram que a corrupção e a roubalheira era muita e fecharam quem sofre ou melhor quem vai sofrer são aqueles que não têm idade da reforma e não andem a comprar carros e a gloriar-se pelos cafés que têm dinheiro no banco e ainda quem tem filhos para criar .quem a fechou ainda não esquecemos o seus nomes como aqueles que por quinze mil euros queriam fazer acordos á margem da moral não os esquecemos eles sabem do que estou a falar .

 
At 29 de janeiro de 2011 às 00:19, Anonymous Anónimo said...

Esse cabrão que diz que era um dos que ganhava mais aqui na delphi em Ponte de Sôr foi por isso é que ela fechou se ganhava mais ainda roubava mais ou pensa que esquecemos tudo .

 
At 29 de janeiro de 2011 às 01:49, Anonymous Anónimo said...

a culpa foi do porco do cozinheiro(nelson)e do desdentado do abelha,do símplório do macho queriam levar os quinze mil euros no envelope.
mas cagaram-se que a malta não se deixou enganar por esses porcos..
e o camelo do pinto foi a mesma merda andaram todos a comer á custa dos que trabalhavam......
esses merdas não são homens são umas marias amélias..
andavam sempre a lamber o cú aos chefes e agora continuam a lamber o cú do mentiroso do pinto......

 
At 29 de janeiro de 2011 às 02:07, Anonymous Anónimo said...

esse adolfo merecia era a forca.
foi sempre um fraco.
o trapaceiro do garcia forca com ele(ou um saca rolhas)esses dois não tiveram escrupulos foi sempre a xular os da producção.
DEUS TARDA MAS NÃO FALHA.
CÁ É QUE SE PAGA AS MALDADES QUE TÊM FEITO.

 
At 29 de janeiro de 2011 às 11:16, Anonymous TT said...

(... cont...) em relação as pontes romanas são talvez só de nome pois os artefatos que se vão encontrando nos arredores demonstrão que é muito mais provável ser de muçulmanos do que romanos!!! isto é para o sr do burro!!!

 
At 29 de janeiro de 2011 às 16:29, Anonymous Anónimo said...

moçulmanas,romanas que importa a nossa terra ainda tem alguma historia, pena á quem queira acabar com ela .

 
At 29 de janeiro de 2011 às 17:33, Anonymous Anónimo said...

Sou da geração sem remuneração e não me incomoda esta condição.
Que parva que eu sou!
Porque isto está mal e vai continuar, já é uma sorte eu poder estagiar.
Que parva que eu sou!
E fico a pensar, que mundo tão parvo onde para ser escravo é preciso estudar.

Sou da geração casinha dos pais, se já tenho tudo, pra quê querer mais?
Que parva que eu sou
Filhos, maridos, estou sempre a adiar e ainda me falta o carro pagar
Que parva que eu sou!
E fico a pensar, que mundo tão parvo onde para ser escravo é preciso estudar.

Sou da geração vou queixar-me pra quê? Há alguém bem pior do que eu na TV.
Que parva que eu sou!
Sou da geração eu já não posso mais que esta situação dura há tempo demais
E parva não sou!
E fico a pensar, que mundo tão parvo onde para ser escravo é preciso estudar.

 
At 31 de janeiro de 2011 às 00:30, Anonymous Anónimo said...

tens razão .

 
At 31 de janeiro de 2011 às 12:20, Anonymous Anónimo said...

Há aqui com cada poeta! E alguns até andam de bicicleta!

 
At 31 de janeiro de 2011 às 12:20, Anonymous Anónimo said...

Há aqui com cada poeta! E alguns até andam de bicicleta!

 
At 31 de janeiro de 2011 às 12:20, Anonymous Anónimo said...

Há aqui com cada poeta! E alguns até andam de bicicleta!

 
At 31 de janeiro de 2011 às 21:52, Blogger Emanuel Tapadas said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 31 de janeiro de 2011 às 21:52, Blogger Emanuel Tapadas said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 

Enviar um comentário

<< Home