sexta-feira, 21 de abril de 2006

NO REINO DO BUGALHEIRAPLEX...[ parte I ]


D. João José: Diz-me esposa amada, onde está a minha espada?
Dª Isabel: Ainda no alfageme esperando ser afiada.
D. João José: Mas foi p'ra lá enviada há já mais de mês e meio!
Dª Isabel: Perder-se-ia de permeio tal como o meu biquíni?
D. João José: O teu biquíni?
Dª Isabel: Mais Oui! aquele azul às bolinhas comprado no Canadá.
D. João José: ?! Explica lá outra vez... mas que reino mais maluco... que estória é essa do biquíni às bolinhas?
Dª Isabel: Ai marido, p'las alminhas, então vós não vos lembrais?!... foi conversa de salão!... que galhofa que issso foi!...
D. João José: Juro que "não vejo um boi" nem me lembro de nadinha.
Dª Isabel: Ai marido essa tólinha, esse teu real miolo que tão afanado está, olálá! Deve ser das disPUTAs com o Ceia da Silva… Cabecinha como a tua há anos havia poucas.
D. João José: Lá vens tu com as vacas ... é isso que queres dizer?
Dª Isabel : Se assim o quereis entender...
D. João José: Eu queria era perceber o que aconteceu à espada, o resto é conversa fiada como essa do biquíni. Chamai D. João Manuel aqui, quero saber o que se passa.


(Sai Isabel e entra João Manuel, membro do gabinete do Reino e irmão de D. João José)


D. João Manuel: Dais licença Vossa Graça?
D. João José: Entra fiel servidor, senta-te nessa poltrona.
D. João Manuel: Cheguei aqui numa fona, ...nem acabei a jogatana, Majestade El-Rei Senhor. Alguma emergência?
D. João José: Estou a perder a paciência, começo a ficar em brasa...
D. João Manuel: Mas senhor, o que se passa?!... tão fulo nunca vos vi.
D. João José: A culpa é do biquíni e da porra da espada.
D. João Manuel: Não estou a perceber nada; qual espada e qual biquíni?!
D. João José: Será que também a ti abordou a pestilência?
D. João Manuel: Senhor, tende paciência, não estou a entender nadinha.
D. João José: Podes crer que uma vaquinha já te pegou a doença, tal como o mim teu senhor; tem razão a Isabel.
D. João Manuel: Majestade, por favor, mas estais a falar de quê?! nada disto faz sentido...
D. João José: Do meu espadalhão perdido e também do biquíni!... agora já faz sentido?
D. João Manuel: Estou completamente perdido, façamos ponto final, vou chamar a serviçal p'ra nos servir um chazinho, estando tudo mais calminho certo nos entenderemos.
D. João José: Pois chamemos.

...
continua
Z.N.

7 Comments:

At 21 de abril de 2006 às 17:47, Blogger O Semeador ao Pó das Obras said...

Esta "disPUTAs" com o Ceia da Silva, está muito boa!
As eleições para a federação distrital do ps estão animadas, vamos ver quantas "PUTAs" aparecem para votar!!!

 
At 21 de abril de 2006 às 21:34, Anonymous JPP said...

n sei s o objectivo é ser crítica ou meter piada...
mas nem crítica se nota nem piada tem...
n tem jeito absolutamente nenhum estes teatros...

ZN tens alguma ideia na cabeça ou é ervilha canina q ai tens?

tou é desconfiado q o pinto ganha a federação (com muita pena minha)
o gajo ja tá a preparar terreno para voltar à Assembleia...

 
At 24 de abril de 2006 às 12:22, Anonymous Francisco Silva said...

Coitado do Bugalheira
Levou um grande abada do Ceia da Silva
Os Socialistas entre dois males escolheram o menor.
O Ceia ganhou!
Os socialistas conhecem bem o bugalheira, ele queria era dar tacho ao mano.

 
At 24 de abril de 2006 às 12:30, Anonymous Anónimo said...

Pobre rapaz lá levou nas lonas

 
At 24 de abril de 2006 às 16:34, Anonymous Anónimo said...

Este blog está bom, as peças de teatro é que enjoam.

 
At 24 de abril de 2006 às 17:01, Anonymous Z. N. said...

Tá visto que a "populaça" é alérgica ao teatro.
Por isso já enviei a continuação da peça...
Devem esperar pelo próximo acto para ver onde vai o reino do bugalheiraplex parar.

 
At 24 de abril de 2006 às 17:05, Blogger Zé da Ponte said...

Por dificuldades técnicas dos servidores do bogger, há post's a aguardar publicação, aos seus autores e aos leitores do pontedosor.blogspot.com, pedimos as nossas desculpas.

 

Enviar um comentário

<< Home